Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 07 > Agência internacional elogia qualidade da Indústrias Nucleares do Brasil

Ciência e Tecnologia

Agência internacional elogia qualidade da Indústrias Nucleares do Brasil

Energia nuclear

Representante da agência ligada à ONU visitou Fábrica de Combustível Nuclear, em Resende (RJ)
publicado: 17/07/2014 17h11 última modificação: 17/07/2014 17h11

O diretor-geral do Departamento de Salvaguardas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Tero Varjoranta, elogiou o desenvolvimento tecnológico da Indústrias Nucleares do Brasil (INB). Nesta quarta-feira (16), ele visitou a Fábrica de Combustível Nuclear, em Resende (RJ).

O representante da agência ligada à Organização das Nações Unidas (ONU) conheceu as instalações das unidades de reconversão, pastilhas, montagem do elemento combustível e a usina de enriquecimento isotópico de urânio.

“Eu vejo um impressionante desenvolvimento tecnológico. Esta é uma tecnologia complicada e delicada para se trabalhar. Também encontrei aqui na INB uma boa base de trabalho na área de salvaguardas”, ressaltou Varjoranta.

De acordo com o presidente da INB, Aquilino Senra, a visita foi um importante encontro para o setor nuclear brasileiro. “Foi uma oportunidade para a INB demonstrar que atua com transparência, desenvolvendo seu trabalho dentro dos mais altos padrões de tecnologia e de segurança nesta área de tecnologia sensível”, destacou Senra ao lembrar que o setor nuclear mundial se encontra em expansão.

Sobre as INB 

As Indústrias Nucleares do Brasil atuam na cadeia produtiva do urânio,  da mineração à fabricação do combustível que gera energia elétrica nas usinas nucleares. Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a INB tem sua sede na cidade do Rio de Janeiro e está presente nos estados da Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

A INB adota padrões internacionais de segurança em suas unidades industriais que garantem a qualidade de seus produtos, a preservação do meio ambiente e a segurança e a saúde de seus empregados e o bem estar das populações.

A INB visa garantir o fornecimento do combustível nuclear para geração de energia elétrica, com segurança, qualidade, transparência e  responsabilidade social e ambiental,  através de uma gestão integrada, diversificação da linha de produtos e autonomia tecnológica na fabricação do combustível.

Fontes:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Indústrias Nucleares do Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Últimas imagens

Espécie foi observada pelos pesquisadores pela primeira vez na região do rio Madeira
Espécie foi observada pelos pesquisadores pela primeira vez na região do rio Madeira
Arquivo/Inpa
Foi dada prioridade aos telecentros localizados em áreas remotas
Foi dada prioridade aos telecentros localizados em áreas remotas
Divulgação/Prefeitura de Pinhão (PR)
O CPDLC é a ferramenta utilizada para a comunicação de dados entre piloto e controlador
O CPDLC é a ferramenta utilizada para a comunicação de dados entre piloto e controlador
Arquivo/ FAB
Planeta se encontra a 1,2 mil anos-luz da terra
Planeta se encontra a 1,2 mil anos-luz da terra
Leandro Negro/FAPESP
Governo brasileiro possui projetos em segurança digital em conjunto com os EUA
Governo brasileiro possui projetos em segurança digital em conjunto com os EUA
Marcos Santos/ USP Imagens

Governo digital