Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 12 > Prazo de inscrição para Prêmio Jovem Cientista vai até sexta-feira (19)

Ciência e Tecnologia

Prazo de inscrição para Prêmio Jovem Cientista vai até sexta-feira (19)

Ciência e Tecnologia

Podem participar estudantes do ensino médio e superior, de mestrado e doutorado, além de mestres e doutores
por Portal Brasil publicado: 16/12/2014 19h38 última modificação: 16/12/2014 19h38

Esta é a última semana para quem quiser se inscrever na 28ª edição do Prêmio Jovem Cientista. O prazo terminará na próxima sexta-feira (19). Podem participar estudantes do ensino médio e superior, de mestrado e doutorado, além de mestres e doutores.

O tema deste ano é Segurança Alimentar e Nutricional. Serão entregues R$ 800 mil em prêmios. As inscrições são feitas pela internet. Também no site do Prêmio Jovem Cientista estão disponíveis o edital e mais informações sobre esta edição e edições anteriores.

O objetivo do prêmio, que existe desde 1981, é incentivar a pesquisa no país e reconhecer jovens talentos nas ciências. Trata-se de uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e patrocinada pelas empresas Gerdau e BG Brasil.

"É o prêmio mais tradicional da pesquisa científica do Brasil. Para aqueles que estão no ensino superior, são mestres e doutores, o nosso trabalho é reconhecer e incentivar os pesquisadores que já existem.

Já no ensino médio, nosso objetivo é despertar a curiosidade para o processo de aprendizagem", explica o coordenador do prêmio, Felipe Fernandes, ressaltando a importância de ter o prêmio no currículo.

Segundo a organização, a escolha do tema deve estimular os participantes a pensar soluções para aumentar a qualidade da dieta da população em pesquisa sobre uso de recursos dietéticos na prevenção e tratamento de doenças.

Deve incentivar também inovações em política de segurança alimentar para a merenda escolar; redução do desperdício de alimentos; soluções para desnutrição e obesidade; produção de alimentos orgânicos; e formas de produzir alimentos sem degradar o meio ambiente, entre outras.

As linhas de pesquisa envolvem soluções para a cadeia de produção e conservação dos alimentos. Entre as áreas de conhecimento relacionadas ao tema estão agronomia, nutrição, medicina, engenharia de alimentos, farmácia e bioquímica.

A entrega da premiação será feita pela presidenta Dilma Rousseff, até junho de 2015, em cerimônia que reunirá parceiros, educadores e expoentes da ciência e tecnologia.

No ano passado, com o tema Água: Desafios da Sociedade, o prêmio recebeu 3.226 inscrições de todo o país, sendo 384 na categoria mestre e doutor, 301 na categoria estudante do ensino superior e 2.541 na categoria estudante do ensino médio. A premiação foi de R$ 700 mil.

 

Fonte:

Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

BNDES prepara fundo de R$ 200 milhões para startups
Representantes de instituições financeiras e investidores estiveram reunidos para tratar do futuro das Startups
Microalgas podem ser utilizadas para fabricação de biocombustíveis
Pesquisas da Embrapa indicam que a fabricação é possível a partir de microalgas cultivadas em resíduos agroindustriais
Temer diz que a inovação tecnológica avança na medida em que avança a confiança no país
Presidente participou de reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação
Representantes de instituições financeiras e investidores estiveram reunidos para tratar do futuro das Startups
BNDES prepara fundo de R$ 200 milhões para startups
Pesquisas da Embrapa indicam que a fabricação é possível a partir de microalgas cultivadas em resíduos agroindustriais
Microalgas podem ser utilizadas para fabricação de biocombustíveis
Presidente participou de reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação
Temer diz que a inovação tecnológica avança na medida em que avança a confiança no país

Últimas imagens

Entrega de conversores para inscritos no Bolsa Família deverá continuar por 45 dias depois do desligamento da TV analógica
Entrega de conversores para inscritos no Bolsa Família deverá continuar por 45 dias depois do desligamento da TV analógica
Arquivo/Agência Brasil
Combustível foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)
Combustível foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)
Divulgação/Inpe
ICTs públicas e privadas beneficiadas pelo poder público deverão prestar as informações
ICTs públicas e privadas beneficiadas pelo poder público deverão prestar as informações
Divulgação/Governo de São Paulo
O satélite CBERS-4 tem quatro câmeras de geração de imagens
O satélite CBERS-4 tem quatro câmeras de geração de imagens
Divulgação/Inpe
Satélite foi totalmente construído no Brasil com apoio da AEB
Satélite foi totalmente construído no Brasil com apoio da AEB
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital