Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2015 > 04 > Aceleradora do Start-Up Brasil firma acordo com grupo de empresas

Ciência e Tecnologia

Aceleradora do Start-Up Brasil firma acordo com grupo de empresas

Empreendedorismo

Parceria entre Techmall e Fundep visa ampliar o desenvolvimento e investimento de empresas de aporte tecnológico
por Portal Brasil publicado: 01/04/2015 17h52 última modificação: 01/04/2015 17h52

O Techmall firmou com a Fundep Participações S.A. (Fundepar) uma parceria para ampliar a aceleração do desenvolvimento de empresas de base tecnológica. Segundo o programa Start-Up Brasil, a aceleradora, que integra a iniciativa do governo federal, é uma das dez melhores do País e possui 13 startups em seu portfólio.

A expectativa da parceria celebrada nesta terça-feira (31), é a obtenção de um braço de atuação que antecede a cadeia de investimentos, a fim de que as empresas se estruturem, preparando-se para um grau de maturidade que possibilite o aporte de novos recursos. A Fundepar é um programa de investimento para startups oriundas de iniciativas realizadas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

De acordo o StartupBrasil, a iniciativa é a oportunidade de expansão do escopo de trabalho da Fundepar, que, em sua essência, disponibiliza aporte financeiro em projetos de professores e pesquisadores na área de inovação na UFMG.

Sobre o programa

O Start-Up Brasil, Programa Nacional de Aceleração de Startups, é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, com gestão operacional da Softex em parceria com aceleradoras, que visa apoiar empresas nascentes de base tecnológica, as chamadas startups. Leia mais sobre o funcionamento do programa

O programa tem, ainda, parcerias com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), para seleção de startups internacionais e espaço físico no Vale do Silício (Estados Unidos), e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), para seleção de startups nacionais.

Duração

O Start-Up Brasil funciona por edições, com duração de um ano, e realiza duas chamadas públicas, uma para qualificar e habilitar aceleradoras e outra para a seleção de projetos startups, com duas rodadas semestrais.

Durante o ano, as startups selecionadas participam de eventos, recebem acompanhamento e tem a possibilidade de participar do Demo Day nacional ou internacional promovido pelo programa.

O Start-Up Brasil integra o Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação TI (TI Maior), que, por sua vez, é uma das ações da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (Encti), que elege as tecnologias de informação e comunicação (TICs) entre os programas prioritários para impulsionar a economia brasileira e tem importantes players do setor como parceiros do programa.

Fontes:
Portal Brasil com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e StartUp Brasil 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Temer diz que a inovação tecnológica avança na medida em que avança a confiança no país
Presidente participou de reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação
Museu promove atividades para incentivar participação feminina na ciência
Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), no Rio de Janeiro, promove atividades para estimular a participação feminina na ciência
Acordo permitirá a construção de fábrica de semicondutores no Brasil
Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações firmou acordo com as empresas Qualcomm Incorporated e ASE.
Presidente participou de reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação
Temer diz que a inovação tecnológica avança na medida em que avança a confiança no país
Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), no Rio de Janeiro, promove atividades para estimular a participação feminina na ciência
Museu promove atividades para incentivar participação feminina na ciência
Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações firmou acordo com as empresas Qualcomm Incorporated e ASE.
Acordo permitirá a construção de fábrica de semicondutores no Brasil

Últimas imagens

O satélite CBERS-4 tem quatro câmeras de geração de imagens
O satélite CBERS-4 tem quatro câmeras de geração de imagens
Divulgação/Inpe
Satélite foi totalmente construído no Brasil com apoio da AEB
Satélite foi totalmente construído no Brasil com apoio da AEB
Arquivo/Agência Brasil
Um dos alvos dos ODS é combater mudanças climáticas
Um dos alvos dos ODS é combater mudanças climáticas
Foto: PNUMA
Os alunos que mais se destacam na competição também podem participar da Jornada Espacial, em São José dos Campos (SP)
Os alunos que mais se destacam na competição também podem participar da Jornada Espacial, em São José dos Campos (SP)
Arquivo/Agência Brasil
O Acordo de Paris estabelece a adoção de medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa
O Acordo de Paris estabelece a adoção de medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa
Divulgação/MCTIC

Governo digital