Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2015 > 06 > Brasil está entre 25 primeiros lugares no ranking de artigos científicos

Ciência e Tecnologia

Brasil está entre 25 primeiros lugares no ranking de artigos científicos

Produção científica

País está na 23ª posição – primeira na América Latina – no ranking global de qualidade científica na edição de 2015 do Nature Index
por Portal Brasil última modificação: 24/06/2015 16h56

O Brasil ocupa posição de destaque em ranking de qualidade científica, medido a partir de periódicos de impacto: primeiro lugar na América Latina e 23º no ranking global. As informações estão na edição do Nature Index 2015.

Na América Latina, o Brasil ocupa a melhor posição, seguido da Argentina (30º lugar), Chile (32º) e México (34º). O relatório, lançado no dia 17, avalia artigos científicos originais em quatro áreas – Química; Ciências da Vida; Terra e Ambiente; e Ciências Físicas –, publicados em 68 periódicos escolhidos entre os de maior impacto científico.

Em levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), por meio da base de dados Web of Science, englobando todos os artigos com participação de pesquisadores filiados a instituições brasileiras publicados em 2014 nos mesmos 68 periódicos utilizados no Nature Index, foram identificadas 1.193 publicações listadas.

Dessas, 565 apontam como agência financiadora o CNPq, resultado que a coloca como a principal instituição de fomento desse seleto grupo de publicações.

Acesse o relatório na Nature.

Fonte:

Ministério de Ciência e Tecnologia

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Últimas imagens

Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Arquivo/Agência Brasil
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
Arquivo/ Agência Brasil
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Arquivo/Agência Brasil
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital