Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2016 > 01 > Semana Nacional de Ciência e Tecnologia chegou a mil municípios em 2015

Ciência e Tecnologia

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia chegou a mil municípios em 2015

Divulgação

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação comemora o protagonismo das escolas de Ensinos Fundamental e Médio
por Portal Brasil publicado: 14/01/2016 12h22 última modificação: 20/01/2016 02h54

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) alcançou a marca histórica de mil municípios participantes em todo o Brasil em 2015. Para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o resultado comprova o sucesso das ações de popularização da ciência pelo País.

"Esse número de mil municípios é importante para a história da divulgação da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no Brasil. A gente verifica um crescimento muito grande da SNCT, justamente, em municípios pequenos, com adesão das prefeituras, secretarias municipais e um protagonismo muito grande das escolas de Ensinos Fundamental e Médio", avalia o coordenador nacional da SNCT, Douglas Falcão, diretor do Departamento de Popularização e Difusão de Ciência e Tecnologia do MCTI.

O secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis/MCTI), Edward Madureira Brasil, destaca que essa conquista abarca um quinto dos municípios brasileiros. "Esse número representa 20% dos municípios do País e mostra a importância da decisão política de criar uma secretaria para tratar de um tema tão importante", diz.

Na avaliação dele, o esforço do MCTI com a criação da Secis institucionalizou uma forma de popularizar a ciência no Brasil inteiro. "Nesses mil municípios, a gente já tem, regularmente, uma Semana de Ciência e Tecnologia, seja nas escolas, nas universidades, através das secretarias municipais, e isso motiva uma série de novas atividades", afirma.

Legado

Para o vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu Moreira, além de ser um evento importante para o País, a SNCT estimula a criação de diversas iniciativas e ações locais. "A Semana estimulou a criação de centros e museus de ciência em várias regiões e fez com que o pessoal dos Estados, municípios e secretarias de ciência e tecnologia se articulasse em atividades ao longo do ano", explica.

Fonte:Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Sinal da TV analógica será desligado em cidades de São Paulo
O sinal analógico de TV será desligado em 39 municípios da região metropolitana de São Paulo (SP). Após mudança, aparelhos de TV mais antigos necessitarão de antena e conversor de sinal digital
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
O sinal analógico de TV será desligado em 39 municípios da região metropolitana de São Paulo (SP). Após mudança, aparelhos de TV mais antigos necessitarão de antena e conversor de sinal digital
Sinal da TV analógica será desligado em cidades de São Paulo

Últimas imagens

Um dos projetos selecionados busca criar um nanorepelente natural de longa duração contra o vírus zika
Um dos projetos selecionados busca criar um nanorepelente natural de longa duração contra o vírus zika
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
O contrato com a estatal Combustibles Nucleares Argentinos é de US$ 4,5 milhões
O contrato com a estatal Combustibles Nucleares Argentinos é de US$ 4,5 milhões
Divulgação/MCTIC
Mais de dois mil quilômetros quadrados serão monitorados
Mais de dois mil quilômetros quadrados serão monitorados
Arquivo/MCTI
Em 2012, Brasil e Índia realizaram o primeiro e último encontro bilateral, em Nova Deli
Em 2012, Brasil e Índia realizaram o primeiro e último encontro bilateral, em Nova Deli
Arquivo/Agência Brasil
Febre amarela, zika, dengue e chikungunya são alvo da medida
Febre amarela, zika, dengue e chikungunya são alvo da medida
Arquivo/Finep

Governo digital