Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2016 > 02 > Agência Internacional de Energia Atômica discute combate ao Aedes

Cidadania e Justiça

Agência Internacional de Energia Atômica discute combate ao Aedes

Pesquisa

A meta é desenvolver um roteiro para o controle da população do mosquito na América Latina e no Caribe a curto e médio prazos
publicado: 23/02/2016 14h20 última modificação: 25/02/2016 16h27
EBC De acordo com a entidade, já foi elaborado um projeto de cooperação técnica regional que prevê a adoção, em países da América Latina e Caribe atingidos pela epidemia

De acordo com a entidade, já foi elaborado um projeto de cooperação técnica regional que prevê a adoção, em países da América Latina e Caribe atingidos pela epidemia

A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) vai realizar nesta semana uma série de reuniões para tratar do uso de técnicas nucleares para o controle do Aedes aegypti. Os encontros serão realizados em Brasília e envolvem especialistas de diversos países, além de técnicos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). 

Uma das estratégias a ser apresentada envolve a adoção da "Técnica do Inseto Estéril", um tipo de controle que utiliza radiação ionizante para esterilizar insetos machos, produzidos em larga escala em instalações especiais. Segundo a Aiea, a medida tem sido utilizada com sucesso em todo o mundo há mais de 50 anos para o controle de diversos insetos que comprometem a agricultura.

Emergência

“O vírus zika foi identificado em 26 países e territórios das Américas. Existem indicadores de uma ligação entre a infecção durante a gravidez e uma desordem neurológica conhecida como microcefalia em bebês. A Organização Mundial da Saúde, no início do mês, declarou emergência em saúde pública de interesse internacional por causa do Zika”, informou, por meio de nota, a Aiea, que é ligada à Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com a entidade, já foi elaborado um projeto de cooperação técnica regional que prevê a adoção, em países da América Latina e Caribe atingidos pela epidemia, da Técnica do Inseto Estéril. O plano, de custo estimado em 2,28 milhões de euros, será submetido à aprovação do conselho-diretor da Aiea em seu próximo encontro, previsto para Viena entre os dias 7 e 11 de março.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Últimas imagens

Serão disponibilizados R$ 500 milhões para o Finep Conecta em 2017
Serão disponibilizados R$ 500 milhões para o Finep Conecta em 2017
Cristina Índio/Agência Brasil
Próximo eclipse total que terá faixa de observação no Brasil está previsto para 2041
Próximo eclipse total que terá faixa de observação no Brasil está previsto para 2041
Divulgação/MCTIC
Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Arquivo/Agência Brasil
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
Arquivo/ Agência Brasil
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital