Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2016 > 12 > Governo investe R$ 188 milhões em pesquisas

Ciência e Tecnologia

Governo investe R$ 188 milhões em pesquisas

Pesquisa Científica

Ao todo, 4.587 projetos foram contemplados por Chamada Universal do CNPq
por Portal Brasil publicado: 12/12/2016 19h16 última modificação: 14/12/2016 12h39

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) vai investir R$ 188 milhões em 4.587 projetos de pesquisa. O repasse está previsto na Chamada Universal, concurso anual que contempla qualquer área de conhecimento.

"Essa é uma das ações mais importantes e democráticas do CNPq e do MCTIC, pois, além de atender a diferentes regiões do País, tem permeabilidade entre pesquisadores mais jovens", avalia o diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde do CNPq, Marcelo Morales, ao ressaltar a relevância da periodicidade e da regularidade do edital para garantir o desenvolvimento e manutenção de uma base científica, tecnológica e intelectual. "Isso reflete diretamente no crescimento social e econômico da nação."

Cerca de 31,3% dos valores se destinam a propostas coordenadas por pesquisadores vinculados a instituições sediadas no Norte, Nordeste ou Centro-Oeste. O Sudeste é a região com maior número de projetos (2.032), seguido do Sul (1.051), do Nordeste (917), do Centro-Oeste (371) e do Norte (216).

Os recursos disponíveis se dividem em três faixas de financiamento, com valores de até R$ 30 mil na Faixa A (2.309 propostas aprovadas), até R$ 60 mil na Faixa B (1.321) e até R$ 120 mil na Faixa C (957).

O objetivo da Chamada Universal é democratizar o fomento à pesquisa cientifica e tecnológica no País, ao contemplar todas as áreas do conhecimento. O edital beneficia projetos elaborados por instituições de ensino superior ou institutos de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou privados, sem fins lucrativos, além de iniciativas ligadas a empresas públicas.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MCTI

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário

Últimas imagens

Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Arquivo/Agência Brasil
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Divulgação/MCTIC
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Arquivo/Agência Brasil
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Ascom/MCTIC
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Governo digital