Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2017 > 02 > Brasil já tem 20 milhões de conexões inteligentes entre máquinas

Ciência e Tecnologia

Brasil já tem 20 milhões de conexões inteligentes entre máquinas

Internet das coisas

O número deve saltar para 42 milhões em 2020. No mundo todo, até 2025, o total ficará entre 100 milhões e 200 milhões
por Portal Brasil publicado: 16/02/2017 11h19 última modificação: 16/02/2017 16h25
Foto: Hedeson Alves/Governo do Paraná Para funcionar, a Internet das Coisas precisa de sensores, para compilar os dados das atividades ou aplicações

Para funcionar, a Internet das Coisas precisa de sensores, para compilar os dados das atividades ou aplicações

Antes de chegar em casa, você aciona o ar condicionado para afastar o calor de um dia quente de verão. A geladeira emite alertas sobre a temperatura interna e até avisa quando os alimentos estão fora da data de validade. O que parecia futuro já é realidade graças à Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), uma rede de objetos que se comunicam e interagem de forma autônoma, via internet.

Para funcionar, a Internet das Coisas precisa de sensores, para compilar os dados de uma determinada atividade ou aplicação. O próximo passo é processar essas informações. Com os dados em mãos, o dispositivo sugere ações, atuando para mudar algo no ambiente de forma automatizada.

"A Internet das Coisas redefine a maneira como interagimos com o mundo físico e viabiliza novas formas de produzir, fazer negócios, gerenciar infraestrutura pública, prover segurança e organizar a vida das pessoas", disse o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Estimativas feitas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontam que há, no Brasil, cerca de 20 milhões de conexões máquina-máquina. A previsão é que o número salte para 42 milhões em 2020. No mundo todo, até 2025, o total de objetos conectados deve ficar entre 100 milhões e 200 milhões, de acordo com a consultoria Teleco.

Mundo conectado

Em 2015, o pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Kevin Ashton, um dos primeiros a se debruçar sobre o tema, ofereceu uma interessante definição sobre IoT.

"Estamos presenciando o momento em que duas redes distintas – a rede de comunicações humanas, exemplificada na internet, e o mundo real das coisas – precisam se encontrar”, explica Ashton.

Ele esclarece que, nesse “ponto de encontro”, as pessoas não mais usarão um computador, mas a máquina vai trabalhar de forma independente, o que trará mais eficiência ao cotidiano dos seres humanos.

A Internet das Coisas permite monitorar e gerenciar dispositivos por meio de um software para aumentar a eficiência de sistemas e processos, habilitar novos serviços e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

“Os objetos, as ‘coisas', estarão conectados entre si e em rede, de modo inteligente, e passarão a ‘sentir' o mundo ao redor e interagir", afirma o pesquisador.

Fonte: Mctic

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Sinal da TV analógica será desligado em cidades de São Paulo
O sinal analógico de TV será desligado em 39 municípios da região metropolitana de São Paulo (SP). Após mudança, aparelhos de TV mais antigos necessitarão de antena e conversor de sinal digital
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
O sinal analógico de TV será desligado em 39 municípios da região metropolitana de São Paulo (SP). Após mudança, aparelhos de TV mais antigos necessitarão de antena e conversor de sinal digital
Sinal da TV analógica será desligado em cidades de São Paulo

Últimas imagens

Dos 14 mil volumes que compõem o acervo da ABC, 2 mil já foram catalogados e serão expostos na próxima semana
Dos 14 mil volumes que compõem o acervo da ABC, 2 mil já foram catalogados e serão expostos na próxima semana
Arquivo/MAST
O Open OBC é usado para controlar satélites de pequeno porte
O Open OBC é usado para controlar satélites de pequeno porte
Divulgação/MCTIC
Este é o quarto projeto que será desenvolvido pela Unidade Embrapii INT
Este é o quarto projeto que será desenvolvido pela Unidade Embrapii INT
Divulgação/Petrobras
Um dos projetos selecionados busca criar um nanorepelente natural de longa duração contra o vírus zika
Um dos projetos selecionados busca criar um nanorepelente natural de longa duração contra o vírus zika
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
O contrato com a estatal Combustibles Nucleares Argentinos é de US$ 4,5 milhões
O contrato com a estatal Combustibles Nucleares Argentinos é de US$ 4,5 milhões
Divulgação/MCTIC

Governo digital