Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2017 > 08 > Brasil e Argentina firmam cooperação em ciência

Ciência e Tecnologia

Brasil e Argentina firmam cooperação em ciência

Pesquisa

Parceria prevê a promoção de atividades conjuntas, projetos de pesquisa e intercâmbio de pesquisadores
por Portal Brasil publicado: 03/08/2017 20h01 última modificação: 03/10/2017 13h00
Arquivo/Agência Brasil Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia

Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia

A assinatura de um acordo de cooperação entre Brasil e Argentina permitirá o estreitamento da parceria entre os dois países no setor de ciência, tecnologia e inovação, ao longo dos próximos cinco anos

O documento prevê a promoção de atividades conjuntas, o apoio a instituições e empresas de ciência e tecnologia dos dois países. As ações vão abranger diversas áreas como energia renovável, meio ambiente, agroindústria, bioeconomia, saúde e oceanografia em projetos de pesquisa e intercâmbio de pesquisadores e organização de seminários.

"Em conjunto, vamos encontrar soluções, formar melhor nossos recursos humanos e dar importantes respostas que a humanidade precisa", ponderou o ministro Gilberto Kassab.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva da Argentina, Lino Barañao, alertou que o mundo passa por mudanças e enfrenta desafios, como a demanda por alimentos e por empregos. "Não há outro caminho que a aplicação da tecnologia para obter uma produção agrícola sustentável. Os empregos do futuro estão associados às tecnologias, à criatividade e à educação."

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Governo digital