Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2017 > 10 > Moradores do PR e de SC já podem cadastrar celular para receber alerta de desastres naturais

Ciência e Tecnologia

Moradores do PR e de SC já podem cadastrar celular para receber alerta de desastres naturais

Alerta

As mensagens são enviadas pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pela Defesa Civil dos estados e municípios
publicado: 17/10/2017 11h54 última modificação: 17/10/2017 11h58

Os moradores dos estados do Paraná e Santa Catarina já podem cadastrar os celulares para receber mensagens de alerta de desastres naturais. O sistema alerta para riscos de alagamentos, temporais e deslizamentos de terra. No mês que vem, o serviço será oferecido em São Paulo, em  seguida, estará disponível no  Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo. 

O serviço é gratuito, e o envio das mensagens SMS ficará a cargo do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e da Defesa Civil dos estados e municípios. A partir de 15 de janeiro de 2018, o projeto chegará em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás; e em 19 de fevereiro de 2018, no Distrito Federal, Mato Grosso e Tocantins. Os demais estados serão inseridos no sistema em 19 de março de 2018.

O projeto implantado no Brasil começou a ser utilizado no Japão a partir de 2007 e, atualmente, também funciona em mais de 20 países. A escolha das cidades para receber as mensagens de alerta levou em conta os eventos meteorológicos e potenciais desastres naturais. 

Cadastro

Os moradores das cidades já cadastradas receberão a seguinte mensagem para adesão ao projeto: Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse.

Ao fim do cadastro, o usuário receberá uma mensagem informando se o celular está apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil. Se o cidadão desejar, o serviço poderá ser cancelado por meio de mensagem.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil