Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2010 > 01 > Brasil tem sete sítios do Patrimônio Mundial Natural

Cultura

Brasil tem sete sítios do Patrimônio Mundial Natural

Preservação

Além de benefícios à natureza, os territórios geram lucros com a exploração do ecoturismo. Conheça quais são os locais
por Portal Brasil publicado: 07/01/2010 22h34 última modificação: 28/07/2014 09h16

O Patrimônio Natural de um país reúne áreas de importância preservacionista e histórica. São áreas que transmitem a importância do ambiente natural para que possamos lembrar do passado, de onde viemos, o que estamos fazendo com o ambiente e para onde vamos.

Fazem parte do Patrimônio Natural formações geológicas e regiões que constituem habitat de espécies animais e vegetais ameaçadas, com valor universal excepcional do ponto de vista da ciência ou da conservação.

No Brasil, existem sete sítios do Patrimônio Mundial Natural. Além de benefícios à natureza, os territórios geram lucros com a exploração e desenvolvimento do ecoturismo.

São sítios do Patrimônio Mundial Natural no Brasil:

Parque Nacional do Iguaçu

Com uma área de mais de 185 mil hectares, o Parque Nacional do Iguaçu está localizado no extremo oeste do Paraná, em Foz do Iguaçu. É uma das maiores reservas florestais da América do Sul. Abriga importante patrimônio genético de espécies animais e vegetais e abrange as Cataratas do Iguaçu, com quedas d’água de até 72 metros de altura.

Costa do Descobrimento Reservas de Mata Atlântica

A Mata Atlântica é uma das florestas tropicais mais ameaçadas do planeta e as maiores regiões contínuas estão na Costa do Descobrimento. São oito reservas naturais, localizadas no sul da Bahia e norte do Espírito Santo.

Mata Atlântica Reservas do Sudeste

As Reservas de Mata Atlântica do Sudeste estão localizadas entre os estados de São Paulo e Paraná. Incluem a cadeia de montanhas ao longo de áreas costeiras que abrangem os 17 municípios do Vale do rio Ribeira de Iguape. São 470 mil hectares de riqueza biológica e evolução histórica do Bioma, além das belas paisagens.

Área de Conservação do Pantanal

Formada pelo Parque Nacional do Pantanal e pelas Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Acurizal, Penha e Dorochê, está localizada entre o Sudoeste do Mato Grosso e noroeste do Mato Grosso do Sul. Com 187 mil hectares, abriga centenas de espécies ameaçadas. É a única região do pantanal que permanece parcialmente inundada, o que garante fornecimento de água à fauna local.

Complexo de Conservação da Amazônia Central

Maior região de floresta tropical protegida do mundo, é composto pela Estação Ecológica Anavilhanas (um dos maiores complexos fluviais do mundo), pelas Reservas de Desenvolvimento Sustentável de Amaña e Mamirauá, e pelo Parque Nacional do Jaú, segundo maior do Brasil.

Ilhas Atlânticas Brasileiras: Fernando de Noronha e Atol das Rocas

O arquipélago de Fernando de Noronha, Pernambuco, é composto por 21 ilhas, rochedos e ilhotas. Abriga uma das maiores colônias reprodutivas de aves marinhas e de variadas e exóticas espécies de peixes, esponjas, algas, moluscos e corais. O Atol das Rocas fica a 144 milhas náuticas de Natal, no Rio Grande do Norte. Único atol no Atlântico Sul, é a primeira reserva biológica marinha do Brasil e abrange duas ilhas - a do Farol e a do Cemitério. Cerca de 150 mil aves vivem no local, entre espécies reprodutoras, forrageadoras, migratórias e visitantes esporádicas.

Parques Nacionais Chapada dos Veadeiros e Emas

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é uma área de preservação de cerrado de altitude localizada na Chapada dos Veadeiros, região Nordeste do estado de Goiás, no Centro-Oeste do Brasil. Foi criado, em 1961, pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek, com o nome de Parque Nacional do Tocantins.

Em dezembro de 2001 foi reconhecido como Patrimônio Natural Mundial da Humanidade pela Unesco. Entre as espécies da fauna que habitam o parque, cerca de cinquenta são classificadas como raras, endêmicas ou sob risco de extinção na área.

Fontes:
Unesco
Iphan 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasília completa 57 anos de história
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Parabéns, Brasília!
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Pontos de Cultura incentivam produção local
Impulsionar a produção cultural nas comunidades é um dos objetivos do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, que financia 3.326 Pontos de Cultura espalhados em mais de mil cidades brasileiras
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Brasília completa 57 anos de história
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Parabéns, Brasília!
Impulsionar a produção cultural nas comunidades é um dos objetivos do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, que financia 3.326 Pontos de Cultura espalhados em mais de mil cidades brasileiras
Pontos de Cultura incentivam produção local

Últimas imagens

No ano passado, foram patrocinados pelo banco 50 projetos culturais
No ano passado, foram patrocinados pelo banco 50 projetos culturais
Leon Rodrigues/Prefeitura de São Paulo (SP)
A primeira etapa da reforma será a restauração da Sala Martins Pena e todas as demolições necessárias
A primeira etapa da reforma será a restauração da Sala Martins Pena e todas as demolições necessárias
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Serão aceitos curtas-metragens de ficção, animação e documentário, com no máximo 20 minutos de duração
Serão aceitos curtas-metragens de ficção, animação e documentário, com no máximo 20 minutos de duração
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Desde 2010, os dois países possuem acordo de coprodução para obras destinadas a veiculação em cinema
Desde 2010, os dois países possuem acordo de coprodução para obras destinadas a veiculação em cinema
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital