Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2010 > 09 > Agenda cultural de Brasília terá atrações de música erudita até novembro

Geral

Agenda cultural de Brasília terá atrações de música erudita até novembro

por Portal Brasil publicado: 02/09/2010 17h53 última modificação: 28/07/2014 09h18

Concertos e shows com uma cronologia da música erudita e da MPB ocupam a Sala Funarte Cássia Eller, em Brasília (DF), até novembro de 2010. Nos próximos meses, passarão pelo espaço cultural 40 apresentações, workshops e oficinas, às sextas-feiras e sábados. Elas integram o projeto A Música na Linha do Tempo, contemplado em 2010 pelo Edital de Ocupação da Sala.


A programação inclui 20 concertos, com um panorama da música erudita universal através dos tempos, mostrando seus períodos e fases, e 20 shows que contam a história de música popular brasileira.


A agenda apresenta vários movimentos da música, em ordem cronológica, descrevendo suas características, a partir de seus principais compositores e intérpretes. Além dos shows, também serão oferecidas atividades formativas gratuitas, como os workshops de setembro, com o tema “Instrumentos de Música Popular”, dirigidos aos alunos de uma escola pública.


A programação de setembro começa nesta sexta-feira (3) com uma retrospectiva dos anos 1950 a 1969, na qual os cantores Sérgio Magalhães e Alice Accorsi contam a história do samba-canção. Haverá shows em homenagem à Bossa Nova, à era dos Festivais e à Jovem Guarda – com uma coletânea de ieieiês.


A primeira apresentação de música erudita é neste sábado (4). É o concerto do Trio Tocatta, que  interpreta as mais significativas composições do Classicismo. Serão apresentados mais três concertos em setembro, dois deles em homenagem a Beethoven.


Veja a programação completa aqui .


Fonte:
Ministério da Cultura

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Vale Cultura pode ser usado em cinemas
Benefício também pode ser utilizado shows, cinema, exposições, livros, música, instrumentos musicais e muito mais
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual
Benefício também pode ser utilizado shows, cinema, exposições, livros, música, instrumentos musicais e muito mais
Vale Cultura pode ser usado em cinemas

Últimas imagens

Recine é um regime especial de tributação que visa à modernização dos cinemas brasileiros
Recine é um regime especial de tributação que visa à modernização dos cinemas brasileiros
Divulgação/Ancine
Público pode acompanhar, gratuitamente, as discussões em telão instalado no Auditório da Praça
Público pode acompanhar, gratuitamente, as discussões em telão instalado no Auditório da Praça
Fernando Frazão/Agência Brasil
"Elis", cinebiografia de Elis Regina, é o filme com mais indicações, finalista em 12 categorias
"Elis", cinebiografia de Elis Regina, é o filme com mais indicações, finalista em 12 categorias
Divulgação/Pref. de São Gonçalo do Pará (MG)
Filmes do Festival Mimo devem ter a música, seus personagens e suas histórias como tema
Filmes do Festival Mimo devem ter a música, seus personagens e suas histórias como tema
Foto: Tom Cabral/Festival Mimo de Cinema
Alunos e professores em 16 cidades do Brasil receberão o material
Alunos e professores em 16 cidades do Brasil receberão o material
Divulgação/Fundação Palmares

Governo digital