Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2010 > 09 > Desfile da Independência destaca cultura do País

Geral

Desfile da Independência destaca cultura do País

publicado: 06/09/2010 19h00 última modificação: 28/07/2014 09h18
Renato Araújo/ABr O equipamento ficará montado até 10 de setembro como parte da exposição em comemoração à Semana da Pátria

O equipamento ficará montado até 10 de setembro como parte da exposição em comemoração à Semana da Pátria

As comemorações da Semana da Pátria adotaram, neste ano, um perfil mais popular, valorizando a cultura do País e com a participação de jovens estudantes das redes pública e privada de ensino no desfile cívico- militar do Dia 7 de Setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.


O tema escolhido para a festa da Independência foi justamente a “Cultura popular como ferramenta para a promoção da paz”,  tendo como marca a frase: Viva o Brasil que existe em cada um de nós.


A marca dos desfiles de 7 de setembro inclui também, tradicionalmente, as apresentações  militares, com a conclusão da parada a cargo do Esquadrão de Demonstração Aérea, a popular Esquadrilha da Fumaça.


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) montou uma ponte móvel no gramado da Esplanada, que permanecerá no local até 10 de setembro, como parte da exposição em comemoração à Semana da Pátria. A ponte foi comprada pelo Dnit, em parceria com o Exército.



No total, foram adquiridas sete unidades, para serem usadas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Norte, Amazonas, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Estas estruturas são normalmente utilizadas em situações de emergência, como casos de reconstrução de pontes rompidas. Importadas da Inglaterra, as pontes móveis foram adquiridas pelo valor total de R$ 60,5 milhões.


Infraestrutura

Neste ano, foram montadas arquibancadas cobertas para 20 mil pessoas, com espaço para imprensa, tribunas para autoridades e convidados, sistema de som para dois mil metros, três telões, cerca de 300 banheiros químicos e 14 mil metros de barricadas. Os custos da montagem da infraestrutura somaram R$ 999.700,00. A empresa responsável foi escolhida por pregão eletrônico.


As comemorações foram organizadas pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), juntamente com o Ministério da Defesa e as secretarias de Educação e Cultura do Governo do Distrito Federal.

Fonte:
Agência Brasil
Blog do Planalto






Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual

Últimas imagens

Principais demandas por políticas e ações do ministério incluem os Pontos de Cultura e Vale-Cultura
Principais demandas por políticas e ações do ministério incluem os Pontos de Cultura e Vale-Cultura
Foto: Hozana Lima/Ministério da Cultura
Concurso vai investir em longas-metragens, curtas-metragens, séries de TV, mostras e festivais
Concurso vai investir em longas-metragens, curtas-metragens, séries de TV, mostras e festivais
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Arquivo/Prefeitura do Rio de Janeiro
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Arquivo/Prefeitura do Rio de Janeiro
Sítio é o 14º patrimônio cultural da humanidade localizado ou com origem no Brasil
Sítio é o 14º patrimônio cultural da humanidade localizado ou com origem no Brasil
Foto: Oscar Liberal/Iphan

Governo digital