Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2012 > 02 > Oficinas do Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco chegam a Sergipe, Pernambuco e Minas Gerais

Geral

Oficinas do Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco chegam a Sergipe, Pernambuco e Minas Gerais

por Portal Brasil publicado: 27/02/2012 17h35 última modificação: 28/07/2014 16h30

Os próximos estados a receber a oficina Microprojetos Rio São Francisco são Sergipe, Pernambuco e Minas Gerais. Coordenado pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) e Ministério da Cultura, o programa disponibiliza recursos para projetos culturais de baixo custo, na região da bacia do rio.

Os encontros serão realizados na capital sergipana, no dia 28 de fevereiro; em Pernambuco, na cidade de Petrolina, no dia 29 e; na mesma semana, em MG, em seis municípios da região da nascente do rio São Francisco.

As oficinas orientam os produtores e artistas da região da bacia do São Francisco a elaborar projetos para o edital Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco e consistem em apresentar o programa, o vídeo Microprojetos Amazônia Legal e o edital, que abrange 504 municípios dos estados de Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe.

O edital foi lançado em novembro de 2011 e, desde então, as oficinas vêm ocorrendo nos sete estados da Bacia do Rio São Francisco.

As inscrições foram prorrogadas até o dia 31 de março e podem participar pessoas físicas e jurídicas – sem fins lucrativos – que desenvolvam projetos de artes visuais, artes cênicas, música, literatura, audiovisual, moda, e artes e expressões populares. Serão contemplados 1.050 projetos no valor de R$ 15 mil, cada, em um total de R$ 15,75 milhões em prêmios.

O projeto junto com Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco, através de parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Ministério da Integração Nacional.

Mais informações no e-mail funartemg@funarte.gov.br.

 

Fonte:
Funarte

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Últimas imagens

No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital