Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2013 > 02 > Principais festas de Carnaval no Brasil

Geral

Principais festas de Carnaval no Brasil

Festas reúnem turistas nacionais e estrangeiros por todo País. Conheça as principais festas do carnaval brasileiro
por Portal Brasil publicado : 31/01/2013 17:47

O Carnaval brasileiro é o mais famoso do planeta e atrai milhares de turistas todos os anos. As opções de diversão na maior festa popular nacional são muitas. Os suntuosos desfiles das escolas de samba têm início em São Paulo, na sexta-feira e no sábado de Carnaval. Domingo e segunda-feira é a vez das principais agremiações cariocas desfilarem na Sapucaí, no Rio de Janeiro. 

A população pode acompanhar os desfiles das arquibancadas e camarotes dos sambódromos, de onde é possível ver de perto o brilho das alegorias e sentir a força da bateria.

O resultado da competição é divulgado na terça-feira de Carnaval, na capital paulista, e na quarta-feira de Cinzas, na capital carioca.

Carnaval de rua

O Carnaval de rua é a maneira mais tradicional de aproveitar a folia e acontece em grande parte das cidades brasileiras. Blocos e bandas de carnaval se apresentam com seus hinos e marchinhas características nas capitais e no interior.

No Rio, alguns dos tradicionais blocos de rua são o Cordão da Bola Preta, o Suvaco de Cristo, Bafo da Onça e Cacique de Ramos. Outros exemplos são o Bloco da Lama em Paraty (RJ), com foliões que brincam lambuzados de lama e o Carnaval de São Luís do Paraitinga (SP), que preserva a competição anual de marchinhas.

Em Minas Gerais, o Carnaval de Diamantina (MG) se concentra nas ruas e becos do centro histórico da cidade. Um dos blocos que embala a folia é o Bloco Biri Biri. Ainda no estado mineiro, na cidade de Ouro Preto, o grupo estudantil universitário Bloco do Caixão agita as ladeiras da cidade.

Axé

No Carnaval da Bahia, a principal atração são os trios elétricos. Idealizados pela dupla Dodô e Osmar, atualmente contam com enormes veículos revestidos com potentes equipamentos de som. Pelos circuitos do Centro Histórico, Barra-Ondina e Campo Grande - Avenida, artistas consagrados do Axé Music, como Chiclete com Banana, Asa de Águia, Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Daniela Mercury comandam a folia em diferentes blocos, que recebem nomes específicos.

A passagem dos trios nas ruas pode ser acompanhada mesmo pelos foliões que não possuem o abadá (vestimenta que identifica os integrantes de um bloco) e ficam na “pipoca”, ou, seja, no meio do povo.

Durante os dias de festa, outra atração de Salvador são os blocos afros e afoxés, como Ilê Ayiê, Filhos de Gandhy, Olodum, Bankoma e o Muzenza, que resgatam a herança africana em seus adereços, cantorias e tambores.

O Carnaval de Salvador começa na quinta-feira, dia 7 de fevereiro e se estende até o dia 12 de fevereiro, terça-feira. Ainda que fora do calendário oficial, a quarta-feira de cinzas reserva aos foliões mais algumas horas de festa com o Arrastão de trios elétricos.

Frevo

O maior bloco de Carnaval do mundo, o Galo da Madrugada surgiu nas ruas de Recife. Ele se apresenta no sábado de Carnaval, ou Sábado de Zé Pereira, ao som do frevo – acelerado ritmo musical que mobiliza multidões, com destaque para os passistas de movimentos acrobáticos e sombrinhas coloridas.

A festa na capital pernambucana ainda é marcada por espetáculos culturais gratuitos com grandes nomes da música brasileira, que se dividem em diferentes palcos oficiais. A tradicional apresentação de batuqueiros dos maracatus com o mestre Naná Vasconcelos marca a folia.

O frevo também dá o tom nas músicas e danças de Olinda. Entidades carnavalescas tradicionais até hoje se apresentam na cidade, como o Clube Carnavalesco Misto Lenhadores, de 1907, e o Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas, de 1912. O ritmo ainda convive de maneira harmoniosa com outras manifestações culturais da cidade, como o maracatu, o samba, o manguebeat e outros gêneros musicais.

Outro marco da festa em Olinda são os famosos bonecos gigantes e coloridos, que se misturam à população pelas ruas e ladeiras da Cidade Alta, encarnando tipos populares e personagens inspirados no noticiário. O mais conhecido deles é o “Homem da Meia-Noite”, que está nas ruas desde 1932 e é responsável por dar início à folia, na meia-noite de sábado.

Na Terça-Feira Gorda, todos os bonecões se reúnem entre os largos do Guadalupe e do Varadouro.

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil