Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2013 > 10 > Dia nacional do livro é comemorado em 29 de outubro

Cultura

Dia nacional do livro é comemorado em 29 de outubro

Leitura

Data homenageia fundação da Biblioteca Nacional do Rio, que é considerada uma das dez maiores do mundo
por Portal Brasil publicado: 29/10/2013 12h00 última modificação: 29/10/2014 11h18

O Dia Nacional do Livro é celebrado, em todo o Brasil, em 29 de outubro. A data é uma homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Brasil em 1810. A Biblioteca fica na cidade do Rio de Janeiro e é considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e também a maior biblioteca da América Latina.

O núcleo original de seu poderoso acervo, calculado hoje em cerca de 9 milhões de itens, é a antiga livraria de D. José, organizada sob a inspiração de Diogo Barbosa Machado, Abade de Santo Adrião de Sever, para substituir a Livraria Real, cuja origem remontava às coleções de livros de D. João I e de seu filho D. Duarte, e que foi consumida pelo incêndio que se seguiu ao terremoto de Lisboa de 1º de novembro de 1755.

Incentivo

Atualmente, os programas de promoção do livro têm sido o ponto forte das bibliotecas públicas brasileiras. Estudo conduzido pela Fundação Pensamento Digital mostra que as ações para preservação de memória e estímulo a escritores também se destacam nos serviços prestados.

O Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), por exemplo, fornece, desde 1997, obras de literatura e pesquisa, revistas e periódicos para que toda escola pública tenha uma biblioteca para os seus alunos. Executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em parceria com a Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), o programa atende de forma universal e gratuita, em todos os estados do país, escolas públicas da educação básica cadastradas no Censo Escolar.

Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL)

O Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL), articulado pelo Ministério da Cultura (MinC) e Ministério da Educação (MEC), é composto por centenas de ações, projetos, programas e políticas governamentais e da sociedade civil. A modernização de bibliotecas é uma das ações em destaque.

A Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) e o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBC) são responsáveis por efetivar ações como a implantação, construção e modernização de bibliotecas em parceria com estados e municípios. O Minc é o responsável pela implantação de Pontos de Leitura, bolsas para escritores e os prêmios literários, realizados pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e pela DLLLB.

Formação de leitores

A formação das capacidades e competências leitoras ainda é um desafio para as escolas brasileiras. Em entrevista ao Portal Brasil, o Diretor de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB/FBN/Minc), Fabiano dos Santos Piúba, destacou que ir além da leitura funcional e instrumental significa formar leitores autônomos e críticos.

“A leitura tem um papel estratégico nessa agenda toda. Sem dúvidas, estamos avançando nesses últimos 15 anos, mas a dívida social com a leitura é histórica e imensa. É nisso que o governo federal vem trabalhando sem descanso, afinal ainda temos um índice global de analfabetismo funcional tremendo que impacta diretamente na economia e temos ainda um número expressivo de estudantes universitários que são analfabetos funcionais”, destacou.

Para 2014, o governo planeja ações para a qualificação das bibliotecas, com ênfase na formação dos gestores e funcionários, na criação da rede bibliotecas qualificadas em TIC, bem como fomento de ações de programação cultural e de projetos de promoção da leitura, integrando as bibliotecas públicas com as comunidades e famílias.

Saiba mais:

Plano Nacional do Livro e da Leitura

Programa Nacional Biblioteca na Escola

Mapa das bibliotecas públicas municipais

Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas

 Quem mais lê no Brasil

Fonte:

Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Governo digital