Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2013 > 10 > Entrega do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade será em outubro

Saúde

Entrega do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade será em outubro

Preservação da história

Este ano, foram 233 inscrições em todo o país
por Portal Brasil publicado: 04/10/2013 20h05 última modificação: 30/07/2014 00h49
Divulgação/Ministério da Cultura Premiação celebra 120 anos de nascimento do modernista Mário de Andrade

Premiação celebra 120 anos de nascimento do modernista Mário de Andrade

A solenidade de entrega do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade deste ano será realizada no dia 17 de outubro, a partir das 19h, no Cine Brasília, na Capital Federal. A cerimônia reunirá os oito vencedores de seis estados brasileiros (Pará, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e São Paulo). Cada um receberá R$ 20 mil e uma placa comemorativa como reconhecimento pelas ações que desenvolvem em prol da preservação, valorização e divulgação do Patrimônio Cultural Brasileiro.

A premiação, criada em 1987 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), celebra, em 2013, os 120 anos de nascimento do modernista Mário de Andrade que, em 1936, a pedido do então ministro da Educação, Gustavo Capanema, elaborou o anteprojeto de lei que resultou na organização jurídica da proteção do patrimônio cultural brasileiro e na criação do atual IPHAN. A cerimônia contará também com show de José Miguel Wisnik, Ná Ozzetti e Banda.

Os vencedores foram selecionados, em agosto, pela Comissão Nacional de Avaliação. Os jurados foram unanimes em afirmar que é extremamente gratificante participar da avaliação dos projetos porque, mais que premiar os selecionados, o processo permite conhecer a diversidade da cultura brasileira e as mais variadas atividades de resgate da memória nacional e de divulgação, valorização e preservação do Patrimônio Cultural.

Este ano, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade recebeu 233 inscrições em todo o país, sendo que 76 foram as finalistas da etapa nacional.

Confira aqui os vencedores nacionais de cada categoria. 

Fonte:

Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Obras de Oscar Niemeyer são símbolos da arte brasileira
Espalhadas por todo o país, elas são protegidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)
Brasília completa 57 anos de história
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Parabéns, Brasília!
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Espalhadas por todo o país, elas são protegidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)
Obras de Oscar Niemeyer são símbolos da arte brasileira
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Brasília completa 57 anos de história
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Parabéns, Brasília!

Últimas imagens

Nos últimos 10 anos, Secretaria do Audiovisual contemplou 38 filmes de baixo orçamento em seis editais
Nos últimos 10 anos, Secretaria do Audiovisual contemplou 38 filmes de baixo orçamento em seis editais
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Podem ser inscritos projetos de ficção, documentário ou animação
Podem ser inscritos projetos de ficção, documentário ou animação
Divulgação/Prefeitura de Belo Horizonte
O Prêmio Camões consagra autores que enriquecem o patrimônio literário da língua portuguesa
O Prêmio Camões consagra autores que enriquecem o patrimônio literário da língua portuguesa
Divulgação/ manuelalegre.com
Usuário poderá direcionar telefone ou tablet e examinar detalhes do interior dos veículos expostos
Usuário poderá direcionar telefone ou tablet e examinar detalhes do interior dos veículos expostos
Divulgação/Museu Histórico Nacional
Nesta edição, festival passa a ter dez dias de duração, em vez de sete
Nesta edição, festival passa a ter dez dias de duração, em vez de sete
Andre Borges/Governo de Brasília

Governo digital