Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2013 > 12 > Ministério lança edital de apoio à pesquisa afro-brasileira

Cultura

Ministério lança edital de apoio à pesquisa afro-brasileira

Etnias

Investimento total será de R$ 1,7 milhão; edital selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização
por Portal Brasil publicado: 20/12/2013 19h55 última modificação: 30/07/2014 00h48

O Ministério da Cultura e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançam nesta sexta-feira (20), no Recife, o Edital de Apoio Financeiro Para a Pesquisa - ação de acervos de Interesse memorial para a cultura Afro-Brasileira.

O edital terá investimento total de R$ 1,7 milhão e selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.

O concurso, destinado a pesquisadores de todo o País, é resultado de uma articulação entre o Ministério da Cultura (Minc), a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.

As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa e encaminhadas à UFPE pela internet.

Etapas de seleção

A seleção das propostas será realizada por intermédio de análises e avaliações comparativas e será feita em três etapas. A primeira avaliação, de enquadramento e pré-análise das propostas, que verifica se elas estão dentro do Regulamento do Edital, será feita pela área técnica da UFPE e da Fundaj.

Na segunda etapa, será feita a análise e julgamento do mérito das propostas apresentadas. Essa análise ficará a cargo de um Comitê Avaliador indicado pelo MinC, pela UFPE e pela Fundaj, que emitirá um parecer sobre as propostas dentro dos critérios estabelecidos.

Esse parecer será registrado em planilha eletrônica, contendo a relação das propostas julgadas, recomendadas e não recomendadas, com as respectivas pontuações finais, em ordem decrescente, assim como outras informações e recomendações julgadas pertinentes.

Haverá ainda uma terceira etapa que consistirá na análise dos pareceres emitidos e da ata de julgamento com a relação dos projetos recomendados e não recomendados.

Esta última análise será feita pelas diretorias de Extensão e de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Graduação da UFPE, e pela Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira da Fundaj. As propostas vencedoras do Edital serão tratadas e disponibilizadas, posteriormente, em plataforma digital.

Confira mais informações aqui.

Fonte:
Ministério da Cultura 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Caravana da Cultura chega a São Luís
Iniciativa busca estreitar as relações e conhecer artistas, gestores e produtores de cultura de todo o Brasil
Acordo cria pontos de cultura em São Luís
Ministério da Cultura e a Prefeitura de São Luís assinam convênio que irá aplicar R$ 2 milhões para a execução de projetos culturais no Maranhão
PAC Cidades Históricas entrega obras no Pará
Foram entregues as obras de restauração e revitalização do Mercado de Peixe do Ver-o-Peso, em Belém
Iniciativa busca estreitar as relações e conhecer artistas, gestores e produtores de cultura de todo o Brasil
Caravana da Cultura chega a São Luís
Ministério da Cultura e a Prefeitura de São Luís assinam convênio que irá aplicar R$ 2 milhões para a execução de projetos culturais no Maranhão
Acordo cria pontos de cultura em São Luís
Foram entregues as obras de restauração e revitalização do Mercado de Peixe do Ver-o-Peso, em Belém
PAC Cidades Históricas entrega obras no Pará

Últimas imagens

Ministro Juca Ferreira fala, em São Paulo, sobre os editais lançados pelo MinC
Ministro Juca Ferreira fala, em São Paulo, sobre os editais lançados pelo MinC
Janine Moraes
Povos indígenas são um dos públicos contemplados com os novos editais
Povos indígenas são um dos públicos contemplados com os novos editais
Lia de Paula
Espaço estará disponível para atividades de criação, formação e pesquisa na área de circo, dança e teatro, no período de agosto de 2015 a abril de 2016
Espaço estará disponível para atividades de criação, formação e pesquisa na área de circo, dança e teatro, no período de agosto de 2015 a abril de 2016
Divulgação/Funarte
Festival será realizado de 7 a 15 de agosto em Gramado
Festival será realizado de 7 a 15 de agosto em Gramado
Divulgação/MinC

Governo digital