Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2014 > 03 > Festival de Cinema de Lima abre inscrições

Cultura

Festival de Cinema de Lima abre inscrições

Peru

Evento acontece de 8 a 16 de agosto, na capital peruana. Inscrições estão abertas até o dia 9 de maio
por Portal Brasil publicado: 25/03/2014 14h35 última modificação: 30/07/2014 01h45

18ª edição do Festival de Cinema de Lima, que acontece entre os dias 8 e 16 de agosto, na capital peruana, está com inscrições abertas. O evento, organizado pela Pontifícia Universidade Católica do Peru, busca estreitar os laços entre os produtores latino-americanos e oferecer um espaço para futuras compras e exibições das obras em outros países. As inscrições podem ser realizadas até o dia 9 de maio.

O evento promove mostras competitivas nas Seções Oficiais de Ficção e de Documentário. Podem ser inscritos filmes produzidos há menos de um ano, não exibidos no país e legendados em inglês ou espanhol. Documentários devem ter duração mínima de 45 minutos. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição e enviar uma cópia do filme em DVD para o endereço informado no regulamento. Também há a opção de realizar o processo inteiramente online, por meio da plataforma Movibeta.

Um júri outorgará os prêmios de Melhor Filme de Ficção e de Melhor Filme Documentário. Na Seção Oficial de Ficção também estão previstos prêmios para o melhor filme de um diretor estreante e para as categorias de roteiro, direção, ator, atriz e fotografia. O público também consagrará os seus favoritos com premiação para o primeiro e o segundo lugar.

Além das competições oficiais, o Festival de Cinema de Lima promove ainda a mostra não competitiva Múltiplos Olhares, dedicada a realizar um panorama do cinema latino-americano contemporâneo, e programas especiais dedicados a retrospectivas de diretores, movimentos cinematográficos ou cinematografias de nacionalidades específicas. Há ainda a Mostra Itinerante, que exibe filmes em diversas cidades do país, e, apesar de ser uma atividade no âmbito do festival, tem um processo de inscrição independente.

Fonte: 

Agência Nacional do Cinema

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Caravana da Cultura chega a São Luís
Iniciativa busca estreitar as relações e conhecer artistas, gestores e produtores de cultura de todo o Brasil
Acordo cria pontos de cultura em São Luís
Ministério da Cultura e a Prefeitura de São Luís assinam convênio que irá aplicar R$ 2 milhões para a execução de projetos culturais no Maranhão
PAC Cidades Históricas entrega obras no Pará
Foram entregues as obras de restauração e revitalização do Mercado de Peixe do Ver-o-Peso, em Belém
Iniciativa busca estreitar as relações e conhecer artistas, gestores e produtores de cultura de todo o Brasil
Caravana da Cultura chega a São Luís
Ministério da Cultura e a Prefeitura de São Luís assinam convênio que irá aplicar R$ 2 milhões para a execução de projetos culturais no Maranhão
Acordo cria pontos de cultura em São Luís
Foram entregues as obras de restauração e revitalização do Mercado de Peixe do Ver-o-Peso, em Belém
PAC Cidades Históricas entrega obras no Pará

Últimas imagens

Os selecionados serão inscritos no registro nacional do Brasil do programa memória do mundo.
Os selecionados serão inscritos no registro nacional do Brasil do programa memória do mundo.
Ilustração/Ministério da Cultura
O programa concede auxílios diversos, de acordo com a classificação de cada evento.
O programa concede auxílios diversos, de acordo com a classificação de cada evento.
Ilustração/Ancine
Evento terá turnê em outras cidades do País
Evento terá turnê em outras cidades do País
Ilustração/Ancine
Cortejo realizado por moçambiqueiros na última quinta (2) na sede do Ministério da Cultura.
Cortejo realizado por moçambiqueiros na última quinta (2) na sede do Ministério da Cultura.
Foto: Acácio Pinheiro
Jornada literária propõe um espaço de diálogo entre a universidade e escritoras e escritores negros
Jornada literária propõe um espaço de diálogo entre a universidade e escritoras e escritores negros
Divulgação/UNB

Governo digital