Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2014 > 03 > Filmes da Mostra Tiradentes (MG) serão exibidos em SP

Cultura

Filmes da Mostra Tiradentes (MG) serão exibidos em SP

Itinerante

Versão paulistana da mostra, com 14 longas e 25 curtas brasileiros, acontece entre os dias 24 e 30 de março, no CineSesc
por Portal Brasil publicado: 18/03/2014 17h15 última modificação: 30/07/2014 01h45

A Mostra Tiradentes leva ao CineSesc São Paulo, entre os dias 24 e 30 de março, os filmes que participaram da 17ª edição da Mostra, realizada em janeiro na cidade histórica mineira. Ao todo, a Mostra Tiradentes SP exibirá 39 obras nacionais independentes – 14 longas e 25 curtas-metragens –, no intuito de estimular debates e reflexões sobre novos paradigmas e a multiplicidade do audiovisual nacional. Todo o evento é gratuito.

No dia 24 de março, às 20h30, acontece a sessão de abertura com o premiado longa "A vizinhança do tigre", de Affonso Uchoa. Também serão exibidos os filmes "Branco sai, preto fica", de Adirley Queirós; "Amador" de Cristiano Burlan; "Amor, plástico e barulho", de Renata Pinheiro; entre outros longas-metragens que se destacaram na mostra em Minas Gerais. Jána seção de curtas-metragens, serão exibidos "Quinze", de Maurílio Martins; "Sandra espera", de Leonardo Amaral; “Marina não vai à guerra", entre outros.

Além das exibições, a Mostra Tiradentes no CineSesc oferece também três seminários: "O ator", com mediação do curador e crítico de cinema Pedro Maciel Guimarães e participação dos atores Sabrina Greve, Everaldo Pontes e Renan Rovida, no dia 29 de março, às 14h30; "Os processos pelos seus criadores", no 30, também às 14h30, com mediação do professor, pesquisador e curador Cléber Eduardo e a participação dos cineastas Adirley Queirós, Renata Pinheiro, Ricardo Miranda e Murilo Salles, todos com filmes exibidos no festival; e "O Cinema da Vela", encontro mensal realizado no CineSesc, que desta vez abordará o tema “Modos de criação”, com  mediação do curador, crítico e pesquisador de cinema Francis Vogner dos Reis, participação do professor, escritor e pesquisador da ECA/USP Jean Claude Bernardet e dos cineastas Cristiano Burlan e Taciano Valério, também com obras exibidas no festival.

Fonte: 

Agência Nacional do Cinema

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ministério da Cultura incentiva maior número de mulheres e negros no cinema nacional
Ainda é pequena a participação de diretores e roteiristas negros. A constatação está em uma pesquisa realizada pelo Ministério da Cultura
Ministério da Cultura lança cursos gratuitos na área de games
Pensando no mercado com alto poder de crescimento, Ministério da Cultura lançou três cursos gratuitos, na modalidade de ensino à distância
Mudança na Lei Rouanet reajusta teto limite da utilização de recursos
A mudança na Lei Rouanet reajustou teto limite da utilização de recursos de R$ 700 mil para R$ 1,5 milhão
Ainda é pequena a participação de diretores e roteiristas negros. A constatação está em uma pesquisa realizada pelo Ministério da Cultura
Ministério da Cultura incentiva maior número de mulheres e negros no cinema nacional
Pensando no mercado com alto poder de crescimento, Ministério da Cultura lançou três cursos gratuitos, na modalidade de ensino à distância
Ministério da Cultura lança cursos gratuitos na área de games
A mudança na Lei Rouanet reajustou teto limite da utilização de recursos de R$ 700 mil para R$ 1,5 milhão
Mudança na Lei Rouanet reajusta teto limite da utilização de recursos

Últimas imagens

No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital