Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2014 > 04 > Ministra apresenta políticas culturais em São Paulo

Cultura

Ministra apresenta políticas culturais em São Paulo

Políticas públicas

Foco esteve em discutir democratização ao acesso à cultura para povo brasileiro e preservação do patrimônio nacional
por Portal Brasil publicado: 28/04/2014 20h06 última modificação: 30/07/2014 01h44

A ministra Marta Suplicy apresentou as políticas culturais do Ministério da Cultura no Secovi SP - Sindicato das Empresas de Compra, Vendas, Locação e Administração de Imóveis de São Paulo. Ela foi convidada para o evento Política Olho no Olho, promovido pelo NAT - Núcleo de Altos Temas, responsável por aproximar a instituição de discussões relevantes para a sociedade. Entre os temas abordados pela ministra da Cultura, o foco esteve em discutir a democratização ao acesso à cultura para o povo brasileiro e a preservação do patrimônio nacional.

A ministra foi recebida pelo Presidente do Sindicato, Cláudio Bernardes e pelo coordenador do NAT - Núcleo de Altos Temas e ex-presidente da Secovi, Romeu Chap Chap. Ambos exaltaram a presença de Marta Suplicy à frente do Ministério.

Romeu Chap Chap destacou "o compromisso da ministra com a inclusão social" e lembrou sua trajetória política."Felizmente, temos uma guerreira à frente do ministério", disse.

Marta explicou a importância de criar Programas e outras ações de promoção da inclusão social por meio da cultura, tanto no que se refere ao acesso a produção quanto a seus meios. Também falou da necessidade de fortalecer a cultura com leis e medidas estruturantes para o setor. A ministra fez uma breve explicação de várias ações em andamento.

Vale-Cultura

Marta Suplicy informou que será feita uma campanha publicitária para que os empregados das empresas conheçam o benefício. "Já temos meio milhão de brasileiros com o cartão, trabalhamos para que o Vale atinja todo seu potencial". "Queremos que as pessoas se apropriem das linguagens artísticas. Com o acesso, as pessoas vão...".

CEU das Artes

A ministra ressaltou o mapeamento cultural que tem sido feito para identificar a vocação cultural de cada cidade ou do entorno dos equipamentos. Destacou que, diante desse mapeamento, cada unidade contará com um apoio de 6 meses do Ministério para ganhar musculatura e seguir adiante com a parceria entre prefeituras e sociedade civil. Marta Suplicy enfatizou o impacto positivo que os CEUs podem ter na vida de seus frequentadores.

Marco Civil da Internet e Direitos Autorais

"Ajudamos a passar o Marco retirando a questão dos Direitos Autorais, do texto. Agora, precisamos debater o direito autoral". Marta Suplicy traçou a diretriz do Ministério para esta lei: "Estamos no século 21. O conteúdo tem que estar na internet para existir, mas o autor tem que viver de sua obra". Ressaltou a importância da lei dando um exemplo do acervo da Biblioteca Nacional que está sendo digitalizado, porém sua disponibilização depende da atualização da lei.

Destacou os editais realizados pelo MinC para levar a Cultura brasileira para as cidades-sede. "A copa é uma vitrine para o Brasil".

TEIA da diversidade

"Vamos juntar a diversidade brasileira na próxima TEIA que acontece no Rio Grande do Norte". A ministra destacou que esta edição do evento terá pontos de cultura, grupos LGBTs, ciganos, universidades, etc...

Curto Circuito da Juventude

"Chamamos 70 Jovens do Brasil para dialogar. Queríamos falar com aqueles garotos lá da ponta.". A ministra falou com muito entusiasmo sobre os aprendizados que todos os participantes do encontro tiveram.

Sistema Nacional de Cultura (SNC) - explicou o funcionamento do Sistema e as medidas que estão sendo tomadas para estimular os Estados a completarem sua adesão, entre elas, os editais no valor de R$30 milhões para aqueles que já completaram todo o processo de adesão ao SNC.

Procultura

Tratou das atualizações da lei, que está tramitando no Congresso, e deve contribuir para a melhor distribuição de recursos para todo o país e para projetos com menor interesse do mercado. Lembrou ainda que "o Procultura reforça o Fundo Nacional de Cultura que dá mais poder ao Ministério de investir em Políticas Culturais".

Marta mencionou os investimentos em Museus que vêm sendo feitos pelo Ministério. Tratou da importância dos Museus para a preservação da cultura e identidade brasileiras e seu papel estratégico no turismo. Ministra citou pesquisa da Embratur mostrando que quase 50% dos fluxos turísticos, durante a Copa das Confederações, tiveram como opção a visita a museus. Diante disso, Marta falou dos investimentos do MinC.

"Em parceria com a Petrobras, vamos investir R$20 milhões na requalificação de museus próximos dos eventos como a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016". Também mencionou que, via Fundo Nacional de Cultura, o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) investirá R$17,2 milhões em restauração, prêmios de incentivo à preservação, criação de pontos de memória, reformas de instituições, etc...

Fonte:

Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasília completa 57 anos de história
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Parabéns, Brasília!
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Pontos de Cultura incentivam produção local
Impulsionar a produção cultural nas comunidades é um dos objetivos do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, que financia 3.326 Pontos de Cultura espalhados em mais de mil cidades brasileiras
Inaugurada em 21 de abril de 1960, Brasília foi o primeiro conjunto arquitetônico construído no século XX a ser tombado pela Unesco
Brasília completa 57 anos de história
Brasília, parabéns pelos seus 57 anos de fundação e pelos 30 anos como Patrimônio Mundial da Unesco!
Parabéns, Brasília!
Impulsionar a produção cultural nas comunidades é um dos objetivos do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, que financia 3.326 Pontos de Cultura espalhados em mais de mil cidades brasileiras
Pontos de Cultura incentivam produção local

Últimas imagens

No ano passado, foram patrocinados pelo banco 50 projetos culturais
No ano passado, foram patrocinados pelo banco 50 projetos culturais
Leon Rodrigues/Prefeitura de São Paulo (SP)
A primeira etapa da reforma será a restauração da Sala Martins Pena e todas as demolições necessárias
A primeira etapa da reforma será a restauração da Sala Martins Pena e todas as demolições necessárias
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Serão aceitos curtas-metragens de ficção, animação e documentário, com no máximo 20 minutos de duração
Serão aceitos curtas-metragens de ficção, animação e documentário, com no máximo 20 minutos de duração
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Desde 2010, os dois países possuem acordo de coprodução para obras destinadas a veiculação em cinema
Desde 2010, os dois países possuem acordo de coprodução para obras destinadas a veiculação em cinema
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital