Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2014 > 04 > Produções estrangeiras precisarão se associar a brasileiras durante a Copa

Cultura

Produções estrangeiras precisarão se associar a brasileiras durante a Copa

Audiovisual

Empresas estrangeiras interessadas em produzir audiovisual no Brasil devem fazer parceria com empresas brasileiras registradas na Ancine, durante a Copa do Mundo
por Portal Brasil publicado: 17/04/2014 11h20 última modificação: 30/07/2014 01h44

Com exceção de gravações de caráter jornalístico, toda produção estrangeira, inclusive publicitária, precisa se associar a uma empresa produtora brasileira devidamente registrada na Agência Nacional do Cinema (Ancine) durante  a Copa do Mundo 2014. A entidade informa também que as empresas brasileiras deverão comunicar a intenção de filmagem à agência e se tornarem responsáveis pela produção perante as leis brasileiras.

A exigência foi estabelecida pelo artigo 23 da Medida Provisória 2.228/01 e regulamentada pela Instrução Normativa nº 79 da Ancine. Entende-se por obra audiovisual do tipo jornalística - no caso, isenta do cumprimento das exigências - aquela constituída majoritariamente por conteúdo jornalístico, tais como: telejornais, debates, entrevistas, reportagens ou outros programas que visem a noticiar ou a comentar eventos.

Para o esclarecimento de dúvidas e para o envio da documentação exigida (formulário, contrato de produção, passaportes da equipe estrangeira e plano de filmagens), a produtora brasileira associada deve entrar em contato pelo e-mail ou pelo telefone (21) 3037-6281.

Para informações mais detalhadas, estão disponíveis no Portal Ancine orientações nos seguintes idiomas estrangeiros: inglês, espanhol, francês e japonês.

Fonte:

Agência Nacional de Cinema (Ancine)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Últimas imagens

No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital