Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2014 > 06 > Confira a programação cultural durante a Copa

Cultura

Confira a programação cultural durante a Copa

Cidades-sede

Entre as atrações estão teatro, circo, filmes, música, literatura, shows, ateliers de dramaturgia, trilhas temáticas e muito mais
por Portal Brasil publicado: 09/06/2014 17h26 última modificação: 30/07/2014 01h41

Durante o mês da Copa, de 12 de junho a 13 de julho, o Ministério da Cultura (Minc) preparou uma série de eventos em todas as 12 cidades-sedes para todos os gostos e idades: teatro, comédia, circo, filmes, música, literatura, shows, ateliers de dramaturgia, trilhas temáticas, vitrines artesanais, totens com conteúdos digitais e muito mais.

Patrimônio

No Espaço Cultura, presente em todas as cidades-sede, é possível acessar em totens interativos e baixar em smartphones e tablets os seguintes conteúdos:

●   Roteiro Cultural e Ambiental pelos Parques Urbanos de São Paulo -Oferece um panorama rico e plural de seis áreas verdes da cidade de São Paulo, patrimônios protegidos pelas esferas municipal, estadual e federal.

●   Curitiba Audio Walk - Um roteiro temático cultural que propõe um novo olhar sobre a cidade de Curitiba (PR).

●    Mapa Sonoro SSA - O projeto tem por objetivo divulgar conteúdo informativo-cultural sobre pontos turísticos de Salvador (BA).

●    Arquigrafia - Permite o acesso e interação no ambiente colaborativo Arquigrafia – website desenvolvido na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – para a difusão da arquitetura e urbanismo brasileiros.

●    Fashion Culture Brasil - Roteiro de moda (roupas e acessórios), que destaca estilistas e designers com criações autorais e identidade brasileira.

●    Cachaça: Patrimônio Cultural e Ingrediente Gastronômico - Guia que mostra a cachaça como patrimônio cultural tipicamente brasileiro e rico ingrediente gastronômico, podendo ser usado em receitas de pratos e bebidas e em harmonizações com outros ingredientes da culinária regional.

Brasília

Artes visuais

●    Vamos Jogar Bola! - Exposição fotográfica e livro sobre o futebol amador do Distrito Federal.

Data: 10 de junho a 15 de julho (abertura 10/6, às 19h30)

Horário: terça a domingo, das 9h às 18h30

Local: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República - SCS Lote 2 - Eixo Monumental - Brasília/DF

Música

●    Velt Moura & Sarasthi - O show vai permear canções de CD "Profusão", mas principalmente mostrar as novas composições.

Apresentações: 20 de junho, 21h - Teatro Plínio Marcos - Complexo Funarte – Brasília (DF)

21 de junho, 19h e 21h - Teatro Plínio Marcos - Complexo Funarte – Brasília (DF)

27 de junho, 21h - Sesc Garagem - 713/913 Sul – Brasília (DF)

28 de junho, 21h - Sesc Garagem - 713/913 Sul – Brasília (DF)

Circo

Desdobrador

●   O espetáculo explora o universo feminino de quatro mulheres, por meio da adaptação de cada uma delas a uma escultura artesanal no formato de tripé.

Apresentações: 13 de junho, 20h - Praça das Fontes - Torre de TV – Brasília (DF)

20 de junho, 20h – Parque da Cidade – Brasília (DF)

27 de junho, 20h - Setor Comercial Sul – Brasília (DF)

4 de julho, 20h - Setor Comercial Norte – Brasília (DF)

11 de julho, 20h - Área Externa do Museu Nacional da República – Brasília (DF)

●    Historia de Goiás No Picadeiro - Mescla teatro e circo que conta a história do povoamento e constituição de Goiás.

Apresentações: 4 de julho (20h), 5 de julho (20h30), 6 de julho (18h), 12 de julho (20h30) e 13 de julho (18h) - Teatro Plínio Marcos - FUNARTE – Brasília (DF)

*Programação sujeita a alterações

●   Espetáculo Sensorial Berço das Águas - Montagem de circo, dança e artes visuais que se integrará à natureza. O espetáculo é sensorial quando combina o surrealismo das artes circenses.

Apresentações: 19 a 23 de junho, 17h - Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek – Brasília (DF)

*Programação sujeita a alterações

Audiovisual

●   Nação do Futebol - Filme sobre o futebol praticado há muitos anos pelos índios Kaipó na Amazônia e muito reverenciado por todas as aldeias dessa região.

●   Tatu, que bola é essa? - Mostra, através de um documentário, o verdadeiro animal por trás da simpática figura do tatu-bola, um animal genuinamente brasileiro, encontrado apenas na caatinga e no cerrado, e que hoje corre sério risco de extinção.

●   Batuque - Documentário sobre a bateria de uma escola de samba do Rio de Janeiro que busca entender como pulsa o "coração" de uma Escola de Samba.

●   Encourados - Apresenta dois enredos, repletos de tradições, conflitos e paixões de uma mesma história, escrita no couro.

●   Marli - Trata da relação de Marli Seixas com a pesca. Vinda de uma família caiçara natural do Guarujá (SP), ela sempre conviveu com as dificuldades de ser uma mulher pescadora.

●   Música Operária - Sobre a Corporação Musical Operária da Lapa, grupo musical mais antigo ainda em atividade na cidade de São Paulo.

●   Diante da Mesma Cruz - Assume a Igreja Matriz de São Luiz de Tolosa como testemunha das duas principais e, aparentemente, contraditórias festas do calendário luizense: a Festa do Divino Espírito Santo e o Carnaval.

●   Bendito de São Benedito - A vida de José Tomás dos Santos, mais conhecido como Zequinha de Militão, 91 anos de idade e de forte atuação na cultura popular do Maranhão, se confunde com as expressões populares, como por exemplo, o Tambor de Crioula (Patrimônio Cultural do Brasil) e a dança de Tamassaê, uma expressão de origem africana em risco de extinção.

●   Mateus - Dois palhaços. Uma estrada. Muitos encontros. Jurema e Mosquita sobem num fusca 78 a caminho da zona da mata norte pernambucana, em busca dos palhaços da cultura popular: os Mateus, dos grupos de cavalo-marinho, companheiros da brincadeira de fazer sorrir.

Belo Horizonte

Dança

●   Ressonâncias e Brasilidades - Espetáculo transversal de dança/teatro que constrói na relação com o músico, o espaço, a arquitetura e o público um território de intimidade feito do itinerário dos sentidos e dos vínculos. Ligada ao projeto, está também a exposição fotográfica "Outros Olhares".

Apresentações: 10 de junho, 11h30 - Área externa do Museu Histórico Abílio Barreto - Avenida Prudente de Morais, 202 - Cidade Jardim - Belo Horizonte (MG)

13 e 15 de junho, 16h - Área externa da Casa do Baile - Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 - Pampulha - Belo Horizonte (MG)

21 de junho, 16h - Área externa do Museu Mineiro - Av. João Pinheiro, 342 - Centro - Belo Horizonte (MG)

25 e 26 de junho, 20h - Foyer do Sesc Palladium - Rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro - Belo Horizonte (MG)

2 e 3 de julho, 16h - Área externa da FUNARTE/MG - Rua Januária, 68 - Floresta - Belo Horizonte (MG)

6 de julho, 11h30 - Área externa do Museu Histórico Abílio Barreto - Avenida Prudente de Morais, 202 - Cidade Jardim - Belo Horizonte (MG)

Exposição Fotográfica: 27 de junho a 6 de julho, 9h às 21h - Espaço Mezanino - Sesc Palladium - Rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Movasse - Espetáculo de improvisação interativa em dança, baseado em elementos definidos pelo público, previamente, antes de cada apresentação. O público escolhe a trilha sonora e os temas a serem desenvolvidos.

Apresentações: 28 e 29 de junho, 18h - Museu Mineiro - Av. João Pinheiro, 342 - Funcionários - Belo Horizonte (MG)

4 e 5 de julho, 11h, e 6 de julho, 15h - Memorial Minas Gerais Vale - Praça da Liberdade, s/n˚, Esquina com Rua Gonçalves Dias - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

Música

●   Jazz das Gerais - Mostra musical com shows de artistas ligados a um gênero ainda pouco divulgado em nosso País, embora muito apreciado no exterior: o Jazz Mineiro.

Apresentações: 8 a 12 de julho, 20h - Teatro Sesiminas - Rua Padre Marinho, 60 - Santa Efigênia - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Dançando a Vida do Grupo Nem Secos - O espetáculo propicia o contato com a diversidade rítmica que caracteriza a MPB (Samba, Rock, Baião, Soul, Maracatu, Funk, Frevo, Reggae, Afoxé), bem como com a riqueza das formas de dança associadas a esses ritmos.

Apresentações: 21 de junho, 16h - Centro Cultural Vila Fátima - Rua São Miguel Arcanjo, 215, Vila Nossa Senhora de Fátima - Belo Horizonte (MG)

27 de junho, 18h30 - Praça Rui Barbosa - Centro - Belo Horizonte (MG)

4 de julho, 21h - Parque Municipal Américo Renné Giannetti - Av. Afonso Pena,1377 - Centro - Belo Horizonte (MG)

6 de julho, 16h - Centro Cultural Lagoa do Nado - Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904 - Itapoã - Belo Horizonte (MG)

12 de julho, 16h - Centro Cultural São Bernardo - Rua Edna Quintel, 320 - São Bernardo - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   CYRK, o Circo Musical do Trio Quintina - CYRK é um show musical que visita as linguagens do teatro e do circo. O foco principal é a música do Trio Quintina, majoritariamente composições originais, complementadas por versões de outros compositores brasileiros. As relações entre as linguagens se dão sempre num plano musical. As intervenções cênicas e os números circenses criados para o espetáculo reforçam, contrapõem e dialogam com as estruturas sonoras e os arranjos contemporâneos e populares do repertório apresentado.

Apresentações: 4 de julho (21h),  5 de julho (17h e 20h) e 6 de julho (16h e 19h) - Galpão Cine Horto - Rua Pitangui, 3613 - Horto - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Som Afroprogressivo de Babilak Bah - Babilak Bah é conhecido pelas experimentações e inovações na arte de fazer música. Apresentações: 20 de junho, 16h - Casa do Baile - Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 - Pampulha - Belo Horizonte (MG)

21 de junho, 16h - Centro Cultural Venda Nova - Rua José Ferreira Santos, 184 - Novo Letícia - Belo Horizonte (MG)

22 de junho, 10h – Centro Cultural Pampulha - Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185 - Urca - Belo Horizonte (MG)

6 de julho, 17h - Centro Cultural Lagoa do Nado - Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904 - Itapoã - Belo Horizonte (MG)

12 de julho, 16h - Museu de Arte da Pampulha - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585 – Pampulha - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

Seleção Brasileira de Músicas - Dos mais significativos gêneros musicais, compositores e arranjadores, de Villa Lobos a Pixinguinha, executados na sofisticada modalidade de música coral, especialidade do Coro Madrigale.

Apresentações: 10 e 27 de junho, 20h – Igreja da Boa Viagem - Rua Sergipe, 175 – Funcionários - Belo Horizonte (MG)

20 e 25 de junho e 1 de julho, 20h – Conservatório de Musica da UFMG - Av. Afonso Pena, 1534 - Centro - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

Literatura

●   Variedades Literárias - Tem como objetivo apresentar a nova literatura e novos modelos editorais. Serão realizadas diversas atividades de discussão e compartilhamento de experiências em mesas de conversas composta por escritores; o projeto "Ateliê de Dramaturgia" introduzirá ao público práticas para escrita dramatúrgica; e o "Janelas da Dramaturgia", promoverá uma nova maneira de lidar com a escrita teatral.

Ateliê de Dramaturgia - Cinema Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613 - Bairro Horto - Belo Horizonte/MG): 16 a 20 de junho, das 14h às 18h

Janelas de Dramaturgia - Teatro Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613 - Bairro Horto - Belo Horizonte/MG): 19 a 22 de  junho, das 19h às 22h

Mesa 1 "Um livro pra chamar de meu" – Um bate-papo sobre publicações independentes - Cinema do Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613 - Bairro Horto - Belo Horizonte/MG): 21 de junho, 14h30 às 16h30

Mesa 2 "Entre zines, cordéis, livros e e-books" – Um bate-bapo sobre suportes literários - Cinema Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613 - Bairro Horto - Belo Horizonte/MG): 22 de junho, 14h30 às 16h30

Exposição e Feira Literária - Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613 - Bairro Horto - Belo Horizonte/MG): 21 e 22 de junho, 14h às 20h

*Programação sujeita a alterações

Teatro

●   Congresso Internacional do Medo - Convidados vindos de países imaginários integram um encontro internacional, na tentativa de conceituar questões que dizem respeito à humanidade. Entre as conclusões tiradas, está a amedrontadora constatação de que somos efêmeros e provisórios.

Apresentações: 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de junho, 21h - Teatro Alterosa - Av. Assis Chateaubriand, 499 - Bairro Floresta - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●    BataMe! (Popwitch) - Espetáculo Teatral Multicultural (Brasil/Portugal/Austrália) tem como tema central a tolerância à diversidade sexual, dando protagonismo à amada transexual Popwitch que questiona seu direito a um Final Feliz em um Brasil-Místico-Caótico.

presentações: 12, 13, 14, 15, 19, 20, 21, 22, 26, 27, 28 e 29 de junho, 21h - Centro Cultural CentoeQuatro - Praça Ruy Barbosa, 104 - Centro - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

Artes visuais

● Sinfonia para uma Cidade Jardim - Belo Horizonte foi a primeira cidade planejada e ostentou o título de "cidade jardim". A exposição é uma composição de fotografias projetadas de forma sincronizada em quatro telas de 3x2 m que descerão do teto até o chão. A projeção será acompanhada por uma trilha musical inédita que junto a um sistema sonoro criará um espaço de fruição e experimentação sensorial.

Data: 15 de junho a 15 de julho

Horário: terça a domingo, das 10h às 18h. Quinta-feira, das 10h às 21h

Local: Prédio Verde, 2º andar - Praça da Liberdade - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Horas Mortas - A videoinstalação pretende explorar o universo das lendas por meio da linguagem videográfica e de sua intersecção com a construção cenográfica, com depoimentos gravados de moradores da região da Serra do Espinhaço (MG) acerca dos mitos e lendas presentes na região.

Data: 10 de junho a 15 de julho

Horário: Terças, quartas e sextas, das 10h às 19h. Quintas, das 12h às 21h. Sábados e domingos, das 12h às 19h

Local: Museu Mineiro - Av. João Pinheiro, 342 - Funcionários - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Capitalizando Segredos - Com o objetivo de proporcionar ao público o contato com uma obra que transversaliza arte, performance e tecnologia, a  instalação é um convite à fruição artística sobre temas que trazem reflexões variadas do espectador sobre si, desde o sentido da vida até seus hábitos quanto à coleta seletiva de seu lixo pessoal.

Data: 13 de junho a 13 de julho

Horário: Terça a domingo, das 14h às 22h

Local: Espaço Multimídia CentoeQuatro -  Praça Ruy Barbosa, 104 - Centro - Belo Horizonte (MG)

*Programação sujeita a alterações

●   Objetos Voadores - Pesquisa a criação, confecção e movimentação de objetos que interagem com o ar, explora as possibilidades do ar como suporte da matéria e o seu desenvolvimento neste espaço.

No Parque Ecológico da Pampulha – Av. Otacílio Negrão de Lima, 6061 - Pampulha - Belo Horizonte (MG)

Instalação: 22 de junho a 13 de julho

Intervenção Beau de l'air: 22 de junho, das 15h às 18h

Intervenção Beau de l'air: 6 de julho, 10h30

No Parque Lagoa do Nado - Rua General Ephigênio Ruas Santos - Itapoã - Belo Horizonte (MG)

Instalação: 29 de junho a 15 de julho

Intervenção Beau de l'air: 6 de julho, das 15h às 18h

*Programação sujeita a alterações

Cuiabá

Música

●   Show 200 km/h: Crônicas da Música Autoral - Canções e interpretação do artista mato-grossense Caio Mattoso, dialogando com outras linguagens artísticas em cada uma das apresentações, são elas: cinema, artes plásticas, artes cênicas e dança literatura.

Apresentação: 13 de junho, 23h - Caravanas Bar - Rua Barão de Melgaço, 3146 - Centro Sul – Cuiabá (MT)

22 de junho, 17h -Praça da Manddioca - Rua Pedro Celestino, s/n - Centro Norte - Cuiabá (MT)

28 de junho, 17h - Pavilhão das Artes - Rua Antônio Maria,151 - Centro - Cuiabá (MT)

4 de julho, 19h30 - Cine Teatro - Av. Presidente Getúlio Vargas, 161 - Centro Norte - Cuiabá (MT)

12 de julho, 17h - Casa Cuiabana - Av. General Valle, 181 - Bandeirantes - Cuiabá (MT)

*Programação sujeita a alterações

Dança

● Cuidado Que Pega - Espetáculo de dança contemporânea onde três dançarinas e dois músicos (flauta e percussão) interagem com o público utilizando a improvisação. Em tempos tão hostis, onde o contato geralmente é estabelecido de maneira superficial, onde o medo funciona como escudo e acaba distanciando as pessoas.

Apresentações: 20 de junho, 11h - Ponto de ônibus - Av Fernando Correa da Costa, nº 2390-2518, Ponto de ônibus em frente ao Estúdio Z - Cuiabá (MT)

20 de junho, 18h - Centro de Treinamento de Atletas na UFMT - Av Fernando Correa da Costa, nº 1740-1862 - Areão - Cuiabá (MT)

21 de junho, 11h - Terminal Rodoviário Engenheiro Cássio Veiga de Sá - Avenida Jules Rimet, S/N - Sr. dos Passos - Cuiabá (MT)

21 de junho, 18h - Arena Pantanal - Rua traçaia, nº 482-500 - Cuiabá (MT)

22 de junho, 11h - Terminal de ônibus urbano - entrada do Terminal Rodoviário Engenheiro Cássio Veiga de Sá - Av Jules Rimet, S/N - Sr. dos Passos - Cuiabá (MT)

22 de junho, 18h - Praça da República - Av Presidente Getúlio Vargas - Cuiabá (MT)

23 de junho, 11h - Centro de Treinamento de Atletas na UFMT - Av Fernando Correa da Costa, nº 1740-1862 - Areão - Cuiabá (MT)

23 de junho, 18h - Praça Alencastro - Rua Pedro Celestino, nº 15-49 - Centro Norte - Cuiabá (MT)

24 de junho, 11h - Praça Popular - Av Tenente Coronel Duarte, nº 708-776 - Dom
Aquino - Cuiabá (MT)

24 de junho, 18h - Arena Pantanal - Rua Traçaia, nº 482-500 - Cuiabá (MT)

*Programação sujeita a alterações

Teatro

● Num Cantinho do Norte há Comédia Dellarte - 

Por meio das técnicas e fazer teatral da Comédia Dellarte – que surgiu no século 16 na Itália e que hoje permanece viva nas ruas e praças de diversos países – o texto trabalha a realidade com graça e encantamento, onde seres do folclore e cultura da Amazônia ganham vida.

Apresentações: 25, 27, 29, 30 de junho, 2, 5, 7, 9, 11 e 14 de julho – 20h – SESC Esplanada – Cuiabá (MT)

*Programação sujeita a alterações

Artes visuais

●   Onde Tudo Começou 2014 - O objetivo é criar oportunidades para que o público de todas as faixas etárias, especialmente, crianças e jovens (7 a 29 anos), possam compreender e refletir sobre as estratégias de sobrevivência do Homem no período pré-histórico e histórico brasileiro.

Data: 10 de junho a 15 de julho

Horário: Segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30. Sábado, das 8h às 12h

Local: Museu de Pré-História Casa Dom Aquino - Av Beira Rio, 2 - Dom Aquino – Cuiabá (MT)

*Programação sujeita a alterações

Manifestações tradicionais

●   Bota Abaixo (Rio de Janeiro) - Bota Abaixo contextualiza no início do século 20, em plena reforma do prefeito Pereira Passos (1903-1906), o nascimento de um novo comportamento do carioca. De um lado, tornou o Rio um centro cosmopolita, saneado, com avenidas largas e uma noite cintilante. De outro, reprimiu com violência as manifestações das classes pobres, revoltadas com a derrubada de seus cortiços, episódio que ficou conhecido como Bota Abaixo.

Apresentações: 2 a 6 de julho, 21h - Cine Teatro Cuiabá - Av Presidente Getúlio Vargas, 161 - Centro Norte - Cuiabá (MT)

*Programação sujeita a alterações

Cultura Viva

●   Circuito Cultural Pontos do Mato - O objetivo geral é apresentar um tour variado e significativo das artes, da história, da cultura, da inclusão e acessibilidade, da cidadania, da memória de Mato Grosso, mostrando o que há de melhor nos cinco espaços culturais que são pontos de cultura elencados no projeto, num trabalho integrado e com linguagens diversificadas.

Data: 10, 12, 14, 16, 18, 20, 22, 24, 26 e 28 de junho

14h - Saída da Arena Pantanal e Centro de Atendimento ao Turista

14h20 - Chegada ao Museu de Arte Sacra/Pontão Ação Cultural em Rede: Exposição "Via-Sacra Contemporânea" e "Mostra Cultura Viva- Direitos Humanos", do Pontão Ação Cultural em Rede, Pontinho de Leitura Poesia Necessária e Museu entre outras

15h30 - Oficina de vivência de Siriri

16h - Apresentação de dança caruru e siriri do Grupo São Gonçalo Beira Rio

17h - Saída do Museu de Arte Sacra

17h10 - Chegada ao Museu da Caixa D'Água Velha

18h - Masterclass Musical

19h - Concerto apresentação: Ciranda Instrumental - Concertos abertos de grupos instrumentais formados por professores e alunos do Instituto Ciranda.

20h - Saída do Museu do Morro da Caixa D'Água Velha

20h30 - Chegada à Arena Cultural Sesi Papa

Data: 11, 13, 15, 17, 19, 21, 23, 25, 27 e 29 de junho

14h - Saída da Arena Pantanal e Centro de Atendimento ao Turista

14h20 - Chegada ao Museu da Pré-História - Casa Dom Aquino / Instalado o Ponto de Cultura Casa Dom Aquino. Visita monitorada nas Exposições de Arqueologia e Paleontologia; exposição "Mostra Cultura Viva", com enfoque nos Direitos Humanos que será montada na área verde externa que tem um atracadouro com abertura para o rio Cuiabá.

15h30 - Oficina "Diálogo com os indígenas", com enfoque em 20 etnias indígenas montada na área verde onde está localizado um atracadouro com abertura para o Rio Cuiabá

16h - Apresentação de danças e cantos indígenas por índios parceiros do Museu

17h - Saída do Museu da Pré-História - Casa Dom Aquino

17h20 - Chegada ao Ponto de Cultura Escola de Circo Leite de Pedras

18h - Oficina de Vivência de Circo com as modalidades malabares, acrobacias, balé aéreo tecido, perna de pau, equilíbrio em arame, monociclo e trapézio

19h - Apresentação do espetáculo "Histórias de Jardim" - Um espetáculo baseado nos contos de Oscar Wilde e na dramaturgia de Ilo Krugli - Circo, Teatro e Bonecos

21h - Saída da Escola de Circo Leite de Pedras

21h30 - Chegada à Arena Cultura - Sesi Papa

*Programação sujeita a alterações

Recife

Música

●   Estúdio Base apresenta: Música e Cultura - Em cada edição, uma banda ou músico pernambucano cria uma trilha sonora exclusiva para uma intervenção artística, nas áreas de audiovisual, fotografia e artes plásticas. A intervenção acontece no Estúdio Base, enquanto a banda cria e grava a trilha dentro da sala de gravação, ela é reproduzida ao vivo, na área comum do estúdio, onde ocorre a intervenção artística e onde o público está.

Apresentação: 15 de junho (16h e 19h), 22 de junho (18h e 19h) e 29 de junho (16h) - Estúdio Base - Rua da Aurora, 1139, Ed. Hilda Medeiros - Santo Amaro – Recife (PE)

*Programação sujeita a alterações

Teatro

● Pedrinho e a Chuteira da Sorte - Adaptação do livro "Pedrinho e a Chuteira da Sorte", do jornalista pernambucano Marcelo Cavalcante, conta a história de um garoto de 11 anos que é apaixonado por futebol.

Apresentação: 13, 14, 20, 21, 27 e 28 de junho, 16h30 - Teatro Luiz Mendonça - Av. Boa Viagem, s/n - Boa Viagem - Recife (PE)

*Programação sujeita a alterações

●   As Patacoadas de Cornélio Pires - A montagem é resultado de uma pesquisa que antecede os estudos que desencadearam a criação da peça "Lugar onde o peixe para", sobre a cultura caipiracicabana. O Grupo Andaime volta o olhar para a obra de Cornélio Pires, enraizada na figura mais representativa e autêntica de nossa cultura popular: o caipira.

Apresentações: 1 de julho (20h), 2 de julho (14h e 20h), 3 de julho (10h e 14h) - Teatro Barreto Junior - Rua Estudante Jeremias Bastos, s/n - Pina - Recife (PE)

4 de julho, 10h -Centro de Prevenção as Dependências / Centro da Juventude -  Av. Norte 869 - Bairro de Santo Amaro - Recife (PE)

4 de julho, 14h - Coletivo Angu de Teatro Espaço coletivo - Rua Tomazina , 199 - Bairro do Recife - Recife (PE)

Fonte: 
Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Governo digital