Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2016 > 06 > Ancine prorroga inscrições para coproduções da Argentina e Brasil

Cultura

Ancine prorroga inscrições para coproduções da Argentina e Brasil

Produção Audiovisual

Projetos de longas-metragens de ficção, animação e documentário podem concorrer a apoio de R$ 250 mil
por Portal Brasil publicado: 15/06/2016 14h44 última modificação: 15/06/2016 15h09
Divulgação/Ancine Produtoras argentinas serão selecionadas para apoiar os projetos de filmes brasileiros

Produtoras argentinas serão selecionadas para apoiar os projetos de filmes brasileiros

Os cineastas interessados em participar da chamada pública do Prodecine 07/2016 ainda podem se inscrever no processo para realizar uma coprodução entre Argentina e Brasil. A Agência Nacional do Cinema prorrogou as inscrições até 15 de agosto. A iniciativa faz parte do Programa Brasil de Todas as Telas.

Essa chamada vai selecionar dois projetos de longa-metragem de ficção, documentário ou animação apresentados por empresas produtoras brasileiras que participem dos projetos na qualidade de coprodutoras minoritárias, visando à contratação de operações financeiras pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), exclusivamente, na forma de investimento, no valor de US$ 250 mil cada.

Simultaneamente, acontece um concurso na Argentina nos mesmos moldes para a seleção de dois projetos por empresas produtoras argentinas que participem dos projetos na qualidade de coprodutoras minoritárias, que receberão o valor de US$ 200 mil cada. No caso desses projetos, o FSA investirá também o valor de US$ 50 mil cada, por meio de contrato com as coprodutoras majoritárias brasileiras.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Ancine

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Governo digital