Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2017 > 06 > Público terá acesso ao acervo da Biblioteca Demonstrativa

Cultura

Público terá acesso ao acervo da Biblioteca Demonstrativa

Leitura

Mais de três mil títulos serão disponibilizados a partir de julho
por Portal Brasil publicado: 22/06/2017 11h05 última modificação: 22/06/2017 11h05

O acervo da Biblioteca Demonstrativa Maria da Conceição Moreira Salles (BDB), em Brasília (DF), será disponibilizado à comunidade. O público poderá consultar, provisoriamente, mais de três mil itens no Edifício Touring. A previsão é de que o espaço esteja pronto para uso em julho.

O Ministério da Cultura vai gerenciar o empréstimo dos livros e promover ações culturais no local. As obras literárias disponibilizadas são voltadas aos públicos infantil, juvenil e adulto, majoritariamente de autores nacionais. 

A BDB é uma das duas únicas bibliotecas públicas gerenciadas pelo Ministério da Cultura, e foi inaugurada em 1970.

"A ideia é fomentar a literatura entre os transeuntes e recuperar parte dos trabalhos da Demonstrativa durante as obras da unidade", destacou o diretor do Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura (MinC), Cristian Brayner.

O Touring localiza-se na região central de Brasília, no início da Esplanada dos Ministérios, na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Governo digital