Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2017 > 08 > Comissão autoriza 176 projetos culturais a captarem verbas pela Lei Rouanet

Cultura

Comissão autoriza 176 projetos culturais a captarem verbas pela Lei Rouanet

Incentivo

Do total de propostas analisadas, somente duas foram rejeitadas. Autores poderão captar R$ 156.693.550,85
por Portal Brasil publicado: 11/08/2017 19h55 última modificação: 11/08/2017 22h22
Pedro Ventura/Agência Brasília Diversos projetos musicais foram autorizados a captar recursos

Diversos projetos musicais foram autorizados a captar recursos

A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) autorizou 176 projetos artísticos a captarem recursos por meio da Lei 8.313/1991, a Lei Rouanet. Eles receberam autorização para captar R$ 156.693.550,85 para sua execução.

De acordo com a área cultural, 59 projetos analisados eram de artes cênicas, 58, de música e 30 de humanidades. Na sequência, aparecem as áreas de artes visuais, com 21 projetos; de audiovisual, com cinco; de patrimônio cultural, com quatro; e de museus e memória, com um projeto aprovado.

Quanto à distribuição regional, 100 projetos foram provenientes da região Sudeste. O Sul do País apresentou 53 projetos; o Nordeste, 17; o Norte, cinco; o Centro-Oeste, três. Do total de propostas analisadas, somente duas foram rejeitadas.

Todos os projetos aprovados por meio da Lei Rouanet podem ser acompanhados por qualquer cidadão pelo sistema Salic no campo Consulta Cidadão do Portal da Lei Rouanet, que permite ter acesso aos dados básicos dos projetos apresentados, aprovados e apoiados, assim como aos valores de cada um deles.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
Cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor
Cultura lança Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual

Últimas imagens

Principais demandas por políticas e ações do ministério incluem os Pontos de Cultura e Vale-Cultura
Principais demandas por políticas e ações do ministério incluem os Pontos de Cultura e Vale-Cultura
Foto: Hozana Lima/Ministério da Cultura
Concurso vai investir em longas-metragens, curtas-metragens, séries de TV, mostras e festivais
Concurso vai investir em longas-metragens, curtas-metragens, séries de TV, mostras e festivais
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Arquivo/Prefeitura do Rio de Janeiro
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Brasil foi pioneiro na candidatura de um local ligado à escravidão africana ao título de patrimônio mundial
Arquivo/Prefeitura do Rio de Janeiro
Sítio é o 14º patrimônio cultural da humanidade localizado ou com origem no Brasil
Sítio é o 14º patrimônio cultural da humanidade localizado ou com origem no Brasil
Foto: Oscar Liberal/Iphan

Governo digital