Você está aqui: Página Inicial > Cultura > 2017 > 08 > Saiba como utilizar serviços do Ministério da Cultura

Cultura

Saiba como utilizar serviços do Ministério da Cultura

Atendimento à população

Dúvidas mais comuns são ligadas aos programas de Incentivo Fiscal, Vale-Cultura, Ponto de Cultura e Sistema Nacional de Cultura
última modificação: 07/10/2017 11h26
Foto: Hozana Lima/Ministério da Cultura Objetivo do esforço é esclarecer a população e deixar ações da pasta mais transparentes

Objetivo do esforço é esclarecer a população e deixar ações da pasta mais transparentes

O Ministério da Cultura disponibilizou uma Carta de Serviços que esclarece 40 programas e políticas da pasta para a sociedade. O documento explica cada um dos serviços, quem pode utilizar, quais documentos e prazos e também contatos para tirar dúvidas.

O ouvidor do ministério, Carlos Alberto Batista da Silva Júnior, responsável pelo monitoramento da Lei de Acesso à Informação (LAI), afirma que a pasta e toda a administração pública estão procurando atender melhor os brasileiros, com qualificação e transparência.

"Estamos buscando oferecer um atendimento mais qualificado para o cidadão. Além disso, utilizamos ferramentas em que a população pode avaliar nossos serviços", destaca Batista. 

As dúvidas mais comuns na Ouvidoria do MinC são ligadas aos programas de Incentivo Fiscal, Vale-Cultura, Ponto de Cultura e Sistema Nacional de Cultura.

O programa criado pela Lei 8.313/91, chamado popularmente de Lei Rouanet, é uma forma de aplicar os impostos pagos pelos brasileiros em arte e outras ações culturais, por meio da captação de recursos de renúncia federal. A lei pode beneficiar qualquer projeto cultural, sem discriminação em relação ao artista, produção e agentes culturais.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
O tombamento tem o objetivo de preservar bens de valor histórico, cultural, arquitetônico e ambiental para a população
Iphan preserva mais de 87 conjuntos urbanos tombados
Jovens de 15 a 29 anos podem baixar aplicativo para ter acesso à meia-entrada em eventos culturais e descontos em viagens
ID Jovem garante benefícios a jovens de baixa renda
O local resgata a história e remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade: a escravidão
Cais do Valongo é declarado Patrimônio Mundial da Humanidade

Últimas imagens

No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
No acumulado do ano, aumento foi de 6,25%. Representantes do setor afirmam que crescimento da economia deve manter índices positivos até o fim de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital