Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2010 > 10 > PF identifica fraudes em concursos públicos da instituição

Geral

PF identifica fraudes em concursos públicos da instituição

por Portal Brasil publicado: 29/10/2010 13h02 última modificação: 29/10/2010 13h03

A Polícia Federal identificou  a ocorrência de irregularidades nos concursos da instituição realizados em 2001 e 2004. Desencadeada no mês de junho, a ação teve início após suspeitas de fraudes no concurso para agente da PF realizado no ano de 2009.

Através de softwares desenvolvidos pelos investigadores, e por iniciativa da própria PF, foram identificados sete policiais que ingressaram nos quadros da corporação depois de terem acesso antecipado ao gabarito das provas. Todos já foram indiciados pelo crime de estelionato, e um deles, que se encontra preso, também foi indiciado por formação de quadrilha. Os policiais deverão responder a processo administrativo disciplinar que poderá resultar na demissão dos suspeitos.

O sistema criado para investigação das fraudes já foi usado para auditar 75 concursos em busca de irregularidades. Desde  junho, quando a ação foi desencadeada, os investigadores já ouviram o depoimento de 248 pessoas em busca de informações que pudessem levar aos responsáveis pelo crime.

Entre os certames investigados pela Operação Tormenta em que houve comprovação da fraude estão o da Polícia Federal, Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Receita Federal e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Dez pessoas continuam presas, em razão das provas colhidas durante a operação.

As investigações relativas a irregularidades no Exame da OAB e da Polícia Federal já foram concluídas e enviadas ao Poder Judiciário. No caso do concurso da PF de 2009, foram identificados 55 candidatos que tiveram acesso às respostas da prova de agente. Destes, seis chegaram a freqüentar o Curso de Formação para o cargo, mas acabaram desligados no momento do desencadeamento da operação. Os outros 49 candidatos foram eliminados durante as diversas fases do concurso.

A Operação Tormenta tem por objetivo desarticular uma quadrilha que fraudava concursos públicos em todo o País. Ainda estão em andamento investigações referentes a outros concursos, como Anac, Abin, Receita Federal, dentre outros. A previsão é de que os inquéritos sejam encerrados até o fim do ano.


Fonte:
Polícia Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Missão Vida completa um ano em junho
Há um ano, decreto assinado pelo presidente Michel Temer determinava que sempre tivesse uma aeronave em solo da FAB para transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo
Pernambuco e Alagoas recebem recursos para recuperação após enchentes
Governo envia R$ 21 milhões para Pernambuco e R$ 12 milhões para Alagoas
Rio é o primeiro estado a receber Plano Nacional de Segurança
União irá auxiliar o estado a cumprir os objetivos do plano, que inclui o combate ao crime organizado
Há um ano, decreto assinado pelo presidente Michel Temer determinava que sempre tivesse uma aeronave em solo da FAB para transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo
Missão Vida completa um ano em junho
Governo envia R$ 21 milhões para Pernambuco e R$ 12 milhões para Alagoas
Pernambuco e Alagoas recebem recursos para recuperação após enchentes
União irá auxiliar o estado a cumprir os objetivos do plano, que inclui o combate ao crime organizado
Rio é o primeiro estado a receber Plano Nacional de Segurança

Governo digital