Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2013 > 11 > Ministro encerra Torneio Mundial de Pentatlo Militar

Defesa e Segurança

Ministro encerra Torneio Mundial de Pentatlo Militar

Campeonato

Brasil fica em segundo lugar no quadro geral de medalhas nas categorias masculino e feminina; sargento bate recorde na natação
por Portal Brasil publicado: 18/11/2013 12h12 última modificação: 30/07/2014 00h38
Celso Amorim participou da cerimônia de encerramento do campeonato realizado no Rio de Janeiro

Celso Amorim participou da cerimônia de encerramento do campeonato realizado no Rio de Janeiro

O ministro da Defesa, Celso Amorim, destacou a importância de competições esportivas militares para o maior conhecimento e aproximação das nações. “Pode-se dizer que, na verdade, todos são verdadeiros soldados da paz”, enalteceu Amorim ao fazer referência aos 171 atletas presentes no encerramento oficial do 60º Campeonato Mundial de Pentatlo Militar. A competição ocorreu no Rio de Janeiro, de 9 a 18 de novembro, e reuniu 29 países. O evento foi organizado pelo Ministério da Defesa por meio do seu Departamento de Desporto Militar (DDM). 

Considerado o principal esporte do Conselho Internacional do Desporto Militar (Cism), o pentatlo militar é dividido em cinco provas: tiro, natação com obstáculo, lançamento de granada e corridas, com obstáculos e em terreno irregular. Cada país é representado por uma equipe de seis atletas homens e quatro mulheres. Os quatro melhores homens e as três melhores mulheres contam pontos para a classificação geral por equipe. Os competidores têm de realizar as cinco provas.

Na edição brasileira, a China confirmou o favoritismo. Sagrou-se campeã no resultado final por equipes, tanto no masculino quanto no feminino, seguida pelo Brasil em segundo e a Rússia em terceiro lugar. O destaque individual, no masculino, foi do Brasil, tendo como campeão o 1º Tenente do Exército Brasileiro, Douglas Castro. O vice-campeão foi o Capitão Vognild Trond, da Noruega e o terceiro colocado foi o Sargento Sonnenberg Andrej, da Alemanha. No feminino, as três primeiras colocações individuais ficaram com as chinesas.

A 3º Sargento do Exército Brasileiro, Naiana Freire, quebrou o recorde da prova de natação, com o tempo de 27,3 segundos e o chinês Pan Yucheng igualou o recorde da prova da pista de obstáculos, com o tempo de 2 minutos e 10,5 segundos. A equipe brasileira feminina quebrou o recorde por equipes da prova de revezamento da pista de pentatlo militar, ficando com o primeiro lugar nessa modalidade.

A cerimônia oficial de encerramento aconteceu no último sábado (16). Além das delegações dos países participantes, também estiveram presentes o Secretário Geral do Ministério da Defesa, Ari Matos Cardoso, o Secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, Almirante de Esquadra Júlio Saboya, a Autoridade Pública Olímpica do Brasil, General de Divisão Fernando Azevedo e Silva e o Presidente do CISM, Coronel Hamad Kalkaba Malboum. O próximo campeonato mundial de pentatlo militar acontecerá em 2014, na Coréia do Sul.

Fonte:

Ministério da Defesa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

FAB garante transporte de órgãos para salvar vidas
Decreto de junho de 2016 determina que uma aeronave da Força Aérea Brasileira esteja sempre à disposição para transporte de órgãos
Governo investe R$ 470 milhões no monitoramento de fronteiras
Ministro da Defesa anunciou que investimentos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira (Sisfron) serão dobrados em 2017
Ministro defende Sisfron para combate às drogas e ao contrabando
No Mato Grosso do Sul, o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras cobre uma faixa de 600 km da fronteira com o Paraguai
Decreto de junho de 2016 determina que uma aeronave da Força Aérea Brasileira esteja sempre à disposição para transporte de órgãos
FAB garante transporte de órgãos para salvar vidas
Ministro da Defesa anunciou que investimentos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira (Sisfron) serão dobrados em 2017
Governo investe R$ 470 milhões no monitoramento de fronteiras
No Mato Grosso do Sul, o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras cobre uma faixa de 600 km da fronteira com o Paraguai
Ministro defende Sisfron para combate às drogas e ao contrabando

Governo digital