Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 03 > FAB reforça fiscalização do espaço aéreo no sul do País

Defesa e Segurança

FAB reforça fiscalização do espaço aéreo no sul do País

Combate a voos irregulares

Operação Ostium deve durar até o fim do ano e monitora fronteira aérea com Bolívia e Paraguai
por Portal Brasil publicado: 10/03/2017 20h41 última modificação: 13/03/2017 12h00
Arquivo/Agência Brasil objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico na região

objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico na região

Para reforçar a segurança no espaço aéreo sobre a fronteira do Brasil com a Bolívia e o Paraguai, a Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou nesta semana a Operação Ostium. O objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico.

Participam da Operação aeronaves de caça A-29 Super Tucano, helicópteros H-60 Black Hawk e AH-2, aviões-radar E-99, aeronaves de reconhecimento R-35A e RA-1, e Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) RQ-450.

As operações devem prosseguir até o fim do ano e envolvem a instalação temporária de radares móveis em cidades próximas às fronteiras, como Chapecó (SC) e Corumbá (MS); reforço das atividades aéreas nas bases da Força Aérea Brasileira; e deslocamento de aeronaves militares para cidades como Cascavel (PR), Foz do Iguaçu (PR) e Dourados (MS). Em todas essas cidades, haverá tropas para promover a segurança de equipamentos e aeronaves.

Policiamento do espaço aéreo

Definida em lei, há uma sequência de procedimentos que deve ser seguida pelo piloto de defesa aérea durante a interceptação de uma aeronave suspeita. Ele vai avançando na escala à medida que o outro piloto descumpre as abordagens.

O Código Brasileiro de Aeronáutica (CBA) estabelece, em seu artigo 303, a possibilidade de aplicação da medida de destruição de aeronaves voando no espaço aéreo brasileiro classificadas como hostis, após esgotadas as medidas coercitivas, para obrigá-la a efetuar o pouso no aeródromo que lhe for indicado.

Fonte: Portal Brasil, com informação da FAB

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Seminário busca elaborar estratégia nacional de inteligência
O encontro, organizado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), tratou de temas, como terrorismo, combate ao crime organizado e a relação com outros países
Carreira militar é alternativa para quem deseja entrar nas Forças Armadas
Disciplina, amor à pátria e dedicação são as principais características para servir às Forças Armadas. A forma de ingresso varia. No caso do exército, a ação se dá por meio de concurso público, alistamento militar obrigatório e processo seletivo
Governo prepara ações para combater incêndios florestais
Portaria do Ministério do Meio Ambiente divulgou datas em que será declarado estado de emergência ambiental em diversas regiões do País
O encontro, organizado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), tratou de temas, como terrorismo, combate ao crime organizado e a relação com outros países
Seminário busca elaborar estratégia nacional de inteligência
Disciplina, amor à pátria e dedicação são as principais características para servir às Forças Armadas. A forma de ingresso varia. No caso do exército, a ação se dá por meio de concurso público, alistamento militar obrigatório e processo seletivo
Carreira militar é alternativa para quem deseja entrar nas Forças Armadas
Portaria do Ministério do Meio Ambiente divulgou datas em que será declarado estado de emergência ambiental em diversas regiões do País
Governo prepara ações para combater incêndios florestais

Governo digital