Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 05 > Centro de Alcântara está pronto para uso, diz ministro

Defesa e Segurança

Centro de Alcântara está pronto para uso, diz ministro

Tecnologia

Ministério das Relações Exteriores firmou acordo com os Estados Unidos, que deve ser o primeiro país a utilizar o centro de lançamento
por Portal Brasil publicado: 31/05/2017 16h10 última modificação: 31/05/2017 16h39

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, está pronto para uso pelos países parceiros, Estados Unidos, França, Rússia e Israel, disse o ministro da Defesa, Raul Jungmann, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2017, em São Paulo.

“Está pronta e acabada, é só virar a chave. Com aquela localização [privilegiada], a gente precisa, de fato, gerar recursos”, declarou o ministro durante o Fórum de Investimentos Brasil 2017, na capital paulista.

Segundo Jungmann, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) firmou acordo com os Estados Unidos, que deve ser o primeiro país a utilizar o centro. A França também enviou, há um mês, uma equipe que conheceu a unidade. No entanto, ainda não há prazo para o início das operações.

O ministro citou a dificuldade de expansão da base por causa da questão quilombola. A área de 60 mil hectares foi desapropriada, restando 8 mil hectares para os lançamentos da plataforma.

“Se você tiver mais 12 mil hectares, e isto está em negociação, você vai poder colocar até seis países no centro de lançamento. Seria uma melhora muito grande nos recursos”, disse. Segundo ele, com a expansão, os recursos passariam de US$ 1,2 bilhão para US$ 1,5 bilhão.

A base opera no lançamento de foguetes em menor escala. “Não tem lançamento de satélites, tem de foguetes de pesquisa.”

Exportação

O ministro destacou ainda algumas possibilidades de exportação de equipamentos de defesa brasileiros. Segundo ele, a aeronave Embraer KC-390 será apresentada a países como Suécia, República Tcheca, Polônia e Eslováquia.

Há ainda radares, que despertaram interesse da França, sonares e submarinos. “O [submarino blindado] Guarani é uma boa oportunidade, é um equipamento relacionado à tecnologia de alta intensidade com potencial enorme”, disse.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil celebra independência com crescimento econômico
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Brasileiros no exterior comemoram o 7 de setembro
Em cidade dos EUA, esse é um dia para encontrar outros brasileiros, relembrar a terra natal e vivenciar as tradições nacionais
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Brasil celebra independência com crescimento econômico
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado
Em cidade dos EUA, esse é um dia para encontrar outros brasileiros, relembrar a terra natal e vivenciar as tradições nacionais
Brasileiros no exterior comemoram o 7 de setembro

Governo digital