Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 06 > Aeronáutica atualiza sistema de cadastramento de drones

Defesa e Segurança

Aeronáutica atualiza sistema de cadastramento de drones

Regulamentação

Mudanças facilitam a prestação das informações necessárias a um voo seguro. Atualização foi realizada após a publicação do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial nº 94, em maio
por Portal Brasil publicado: 08/06/2017 15h10 última modificação: 08/06/2017 15h20
Foto: Ascom/DECEA Operações de drones devem seguir as regras do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, da Anac e da Anatel

Operações de drones devem seguir as regras do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, da Anac e da Anatel

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo, vinculado à Aeronáutica, anuncia nova versão do sistema de Solicitação de Acesso de Aeronaves Remotamente Pilotadas (SARPAS) está disponível aos usuários. A atualização foi realizada após a publicação do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial nº 94 (RBAC-E nº 94), em maio deste ano, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Todas as operações de aeronaves remotamente pilotadas (RPAS/Drones) – sejam elas de uso recreativo, corporativo, comercial ou experimental – devem seguir as regras da Anac, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Até a publicação do RBAC-E nº 94, não estava estabelecida pela Anac a previsão de cadastro da aeronaves remotamente pilotadas. Assim, o Decea definiu a necessidade de cadastro em seu domínio, tanto de pilotos quanto de aeronaves, a fim de possibilitar um acesso coordenado e seguro ao espaço aéreo brasileiro.

Com tal publicação, o Decea, por meio do sistema, passa a controlar apenas o que é da sua responsabilidade, ou seja, por delegação do Comando da Aeronáutica, a exploração do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (Sisceab).

Principais melhorias contidas no novo sistema de cadastramento:

Agilidade – o cadastro de piloto passou de quatro passos para apenas um. Agora basta preencher os dados pessoais básicos e de contato e anexar um documento que contenha foto e CPF. O prazo de análise diminuiu de 15 para 10 dias, e a tendência é reduzir ainda mais gradativamente.

Simplificação – para o cadastro de aeronave, basta preencher o Peso Máximo de Decolagem (PMD), o número do Sistema de Aeronaves Não Tripuladas (Sisant) e anexar o certificado gerado por aquele sistema. O Sarpas analisa se o CPF e o número Sisant informados estão contidos no documento anexado. Se sim, a aeronave é automaticamente habilitada. Para aeronaves com menos de 25 kg, não há mais análise manual.

Solicitação de voo – o objetivo de voo passa a ser atrelado ao cadastro Sisant. Portanto, aeronaves de uso recreativo só podem solicitar voos recreativos. O PMD deixa de ser exigido. A partir de julho, novas mudanças serão implementadas para tornar ainda mais prática a solicitação.

Além do cadastro no Sistema de Aeronaves Não Tripuladas (Sisant), da Anac, e no novo sistema do Decea, donos dos equipamentos precisam também de certificação do equipamento emitida pela Anatel. Em caso de fiscalização, todos os certificados serão cobrados.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Força Aérea Brasileira.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Cerca de 900 militares das Forças Armadas realizam operação no Rio
Em operação conjunta com a polícia do estado, tropas cercaram o Morro dos Macacos, na Zona Norte, e 12 pessoas foram presas
Brasil celebra independência com crescimento econômico
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Em operação conjunta com a polícia do estado, tropas cercaram o Morro dos Macacos, na Zona Norte, e 12 pessoas foram presas
Cerca de 900 militares das Forças Armadas realizam operação no Rio
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Brasil celebra independência com crescimento econômico
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado

Governo digital