Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 06 > Empresa sueca testa nova geração de caças brasileiros

Defesa e Segurança

Empresa sueca testa nova geração de caças brasileiros

Primeiro voo do Gripen ocorreu nesta quinta-feira (15) e durou 40 minutos. No total, foram encomendadas 36 aeronaves, que serão entregues entre 2019 e 2024
por Portal Brasil publicado: 15/06/2017 19h27 última modificação: 16/06/2017 15h42

Encomendado pelo governo para equipar a Força Aérea Brasileira (FAB), o Gripen NG teve seu primeiro teste de voo nesta quinta-feira (15), na Suécia. Construído pela empresa Saab, a aeronave fez um voo de 40 minutos e realizou diversas operações, como recolhimento de trens de pouso.

A aeronave conta com as funcionalidades comuns do novo modelo do Gripen e foi construída exclusivamente para testes. Posteriormente, outros dois aviões, dessa vez dentre os exemplares destinados à FAB, serão empregados para os testes das especificidades brasileiras até que se chegue à completa capacidade para o emprego operacional.

Segundo o chefe da Seção Técnica do Grupo de Acompanhamento e Controle da FAB na Saab, coronel aviador Denison José Leite Ferreira, o voo representa um marco importante, porque é o primeiro protótipo da plataforma que é a base para as aeronaves brasileiras.

"Este primeiro voo faz parte do desenvolvimento do projeto. O desenho da versão monoposto da aeronave brasileira já está pronto, como foi demonstrado no voo de hoje, mas ainda faltam os ajustes. As capacidades deste novo modelo precisam ser testadas”, explicou.

Fabricação nacional

Assinado em 2014, o acordo do governo brasileiro com a Saab prevê a entrega de 36 aeronaves pelo valor de US$ 5,4 bilhões. A versão brasileira, desenvolvida em parceria com empresas locais, contará com modernos sistemas embarcados, radar de última geração e capacidade para empregar armamentos de fabricação nacional.

A previsão é que os 36 caças Gripen NG sejam entregues à Força Aérea Brasileira entre 2019 e 2024. A principal base de operações do Gripen será na Ala 2, antiga Base Aérea de Anápolis, no interior de Goiás, podendo operar a partir de pistas de pouso espalhadas em todo o País.

Fonte: Portal Brasil, com informações da FAB

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Navio brasileiro está a caminho do Líbano para Missão de Paz
Navio da Marinha saiu da cidade de Niterói e deve chegar em Beirute no dia 8 de setembro para participar da Missão de Paz da ONU
Segurança nas fronteiras é discutida em encontro no Rio
Ministro Raul Jungmann discutiu com parlamentares e integrantes das Forças Armadas no Rio o reforço da segurança nas fronteiras do Brasil
Ministro da Justiça avalia operação de segurança do Rio como positiva
Neste início, as ações visam a organização de dados em todos os âmbitos, Federal, Estadual e Municipal
Navio da Marinha saiu da cidade de Niterói e deve chegar em Beirute no dia 8 de setembro para participar da Missão de Paz da ONU
Navio brasileiro está a caminho do Líbano para Missão de Paz
Ministro Raul Jungmann discutiu com parlamentares e integrantes das Forças Armadas no Rio o reforço da segurança nas fronteiras do Brasil
Segurança nas fronteiras é discutida em encontro no Rio
Neste início, as ações visam a organização de dados em todos os âmbitos, Federal, Estadual e Municipal
Ministro da Justiça avalia operação de segurança do Rio como positiva

Governo digital