Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 08 > Ibope: 90% dos cariocas reconhecem importância do Exército na redução da violência

Segurança e Defesa

Ibope: 90% dos cariocas reconhecem importância do Exército na redução da violência

Operação Rio

Mais de 10 mil homens garantem a segurança do Rio. Pesquisa mostra ainda que 60% já percebem melhora com a presença das tropas federais
por Portal Brasil publicado: 09/08/2017 15h52 última modificação: 09/08/2017 15h58
Fernando Frazão/Agência Brasil Exército tem feito operações em conjunto com as Forças estaduais para combater crime organizado no Rio

Exército tem feito operações em conjunto com as Forças estaduais para combater crime organizado no Rio

Com a presença das tropas federais no Rio de Janeiro, a sensação de segurança e tranquilidade começa a voltar às ruas. Pesquisa realizada pelo Ibope e encomendada pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, revela que 90% da população reconhece a importância das Forças Armadas na redução da violência.

O levantamento mostra ainda que cerca de 60% dos entrevistados já declaram perceber o aumento da segurança. A pesquisa foi feita por telefone entre a última sexta-feira (4) e essa segunda-feira (7), quando as primeiras operações já estavam em andamento.

Para garantir a volta da normalidade ao estado e a segurança da população do Rio, o governo federal enviou tropas federais para se juntar às Forças estaduais. Mais de 10 mil homens estão mobilizados monitorando e policiando as ruas do Rio de Janeiro. Os serviços de inteligência também têm atuado para identificar os principais pontos que necessitam de atuação.

A pesquisa junto à população do Rio mostra que o carioca está preocupado com a violência, mas que ele entende a presença dos militares como um meio para melhorar a segurança. A maioria dos entrevistados avalia como ótima ou boa a decisão do presidente da República, Michel Temer, de enviar as Forças Armadas.

Apoio à população

No último sábado (5), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, reforçou a mensagem do governo federal de que as tropas estão no Rio de Janeiro para apoiar o povo. A população, explicou o ministro, não está abandonada.

“A ação já produz resultados importantes. O primeiro é que acaba com o mito do crime organizado poderoso”, argumentou Jardim. “O crime não resiste à ação legal, obediente à lei e inerente ao Estado Democrático de Direito. Tanto é que a resistência é mínima”, observou.

O presidente Michel Temer também garantiu que o Rio terá uma ampla programação de segurança para combater a criminalidade. “Vamos trabalhar, vamos em frente, vamos combater a criminalidade no Rio de Janeiro e no Brasil”, afirmou o presidente em vídeo gravado em 06 de agosto.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Secretaria de Comunicação da Presidência da República

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Cerca de 900 militares das Forças Armadas realizam operação no Rio
Em operação conjunta com a polícia do estado, tropas cercaram o Morro dos Macacos, na Zona Norte, e 12 pessoas foram presas
Brasil celebra independência com crescimento econômico
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Em operação conjunta com a polícia do estado, tropas cercaram o Morro dos Macacos, na Zona Norte, e 12 pessoas foram presas
Cerca de 900 militares das Forças Armadas realizam operação no Rio
Neste 7 de setembro, o Brasil comemora a volta do desenvolvimento e quer resgatar a ordem e o progresso do País
Brasil celebra independência com crescimento econômico
Operação vai contar com 2 mil viaturas e 209 radares móveis para garantir a segurança nas estradas durante o 7 de setembro
Polícia Rodoviária realiza Operação Independência no feriado

Governo digital