Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 08 > Operação Segurança e Paz atua para combate direto ao crime organizado no RJ

Defesa e Segurança

Operação Segurança e Paz atua para combate direto ao crime organizado no RJ

Rio de Janeiro

Após patrulhamento ostensivo, militares entram em uma segunda fase no combate ao crime
por Portal Brasil publicado: 03/08/2017 19h42 última modificação: 03/08/2017 20h10

Iniciada no último fim de semana, a operação Segurança e Paz, no Rio de Janeiro, entrou em uma nova fase nesta quinta-feira (3). Em vez do patrulhamento ostensivo, como na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016, a previsão é de que haja ações estratégicas e pontuais dos militares.

O objetivo agora é golpear o crime na sua estrutura, na sua cadeia de suprimentos, na sua organização, no seu armamento. Não é apenas transmitir segurança à população. A população, claro, se sente mais protegida com a presença das tropas nas ruas, mas isso não resolve o problema", disse. A operação foi iniciada com decreto presidencial permitindo a Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

Segundo Itamar, a primeira fase das operações foi de reconhecimento, realizada no fim de semana, e que se prolongou durante cinco dias. Após esse reconhecimento inicial, segundo ele, as tropas estão nos quartéis se preparando para a segunda fase.

O coronel ressaltou que o Plano Nacional de Segurança Pública visa a resolver o problema da criminalidade no País e no Rio de Janeiro, o que não se atinge apenas com patrulhamento ostensivo.

Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Navio brasileiro está a caminho do Líbano para Missão de Paz
Navio da Marinha saiu da cidade de Niterói e deve chegar em Beirute no dia 8 de setembro para participar da Missão de Paz da ONU
Segurança nas fronteiras é discutida em encontro no Rio
Ministro Raul Jungmann discutiu com parlamentares e integrantes das Forças Armadas no Rio o reforço da segurança nas fronteiras do Brasil
Ministro da Justiça avalia operação de segurança do Rio como positiva
Neste início, as ações visam a organização de dados em todos os âmbitos, Federal, Estadual e Municipal
Navio da Marinha saiu da cidade de Niterói e deve chegar em Beirute no dia 8 de setembro para participar da Missão de Paz da ONU
Navio brasileiro está a caminho do Líbano para Missão de Paz
Ministro Raul Jungmann discutiu com parlamentares e integrantes das Forças Armadas no Rio o reforço da segurança nas fronteiras do Brasil
Segurança nas fronteiras é discutida em encontro no Rio
Neste início, as ações visam a organização de dados em todos os âmbitos, Federal, Estadual e Municipal
Ministro da Justiça avalia operação de segurança do Rio como positiva

Governo digital