Você está aqui: Página Inicial > Defesa e Segurança > 2017 > 12 > Chuvas deixam mais 14 cidades de Minas Gerais em situação de emergência

Defesa e Segurança

Chuvas deixam mais 14 cidades de Minas Gerais em situação de emergência

Defesa Civil

Desde o dia 29 de novembro, o governo apoia os municípios atingidos pelas fortes chuvas
publicado: 08/12/2017 12h17 última modificação: 11/12/2017 11h19

Mais 14 municípios de Minas Gerais tiveram situação de emergência reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional devido a fortes temporais, vendavais e chuvas de granizo nos últimos dias. 

O procedimento foi feito apenas com base no decreto de emergência do estado ou cidade, para que as ações de resposta ao desastre sejam mais rápidas. A portaria da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) foi publicada no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (7).

As cidades em situação de emergência são: Abre Campo; Caeté; Lajinha; Nova Serrana; Pedro Leopoldo; Piedade de Ponte Nova; Ponte Nova; Raul Soares; Rio Casca; Santa Cruz do Escaldado; Santo Antônio do Grama; São José do Mantimento; São Pedro dos Ferros; e Urucânia.

Reconhecimento do Ministério da Integração permite ampliar as ações de assistência e reconstrução das áreas prejudicadas.

Apoio federal

Desde o último dia 29 de novembro, o ministério apoia os municípios atingidos pelas chuvas fortes no estado. Foi enviada uma equipe técnica para colaborar com as cidades de Ribeirão das Neves e Caeté, que tiveram os serviços essenciais afetados. A situação de emergência em Ribeirão das Neves também foi reconhecida no dia 5.

Fonte: Ministério da Integração Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil