Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2009 > 11 > Crédito rural

Economia e Emprego

Crédito rural

O crédito rural é um financiamento destinado a produtores rurais e cooperativas ou associações de produtores rurais. Seu objetivo é estimular os investimentos e ajudar no custeio da produção e comercialização de produtos agropecuários
por Portal Brasil publicado: 05/11/2009 15h43 última modificação: 27/06/2014 15h38

O que é:
O crédito rural é um financiamento destinado a produtores rurais  e cooperativas ou associações de produtores rurais. Seu objetivo é estimular os investimentos e ajudar no custeio da produção e comercialização de produtos agropecuários.

Para conseguir o crédito, o tomador deve ser idôneo, apresentar um projeto, plano ou orçamento que justifique o valor pedido são também beneficiárias do crédito rural empresas agropecuárias de pesquisa  ou produção de mudas, sementes e de sêmem para inseminação artificial, de prestação de serviços mecanizados e inseminação artificial e outras companhias com finalidade comercial no ramo da pesca, aqüicultura, medição de lavouras e atividades florestais.

Onde obter:
Nos bancos e cooperativas integrantes do Sistema Nacional de Crédito Rural.

Prazos:
Variam conforme a  fonte de recursos, a finalidade  e o plano de produção apresentado.

Juros e encargos:
Dependem das fonte de recursos que darão suporte ao financiamento. Para recursos controlados, relativos a aplicações obrigatórias dos bancos ao amparo da exigibilidade dos depósitos à vista, os juros  estão fixados à taxa efetiva de juros de 6,75 % ao ano, de modo geral, sendo que se concedidos no âmbito do Pronaf podem variar de 1,0 % a 5,5% ao ano. Nas operações de crédito rural a alíquota de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é zero.

Garantias:
Podem ser acertadas entre o financiado e o financiador, de acordo com a natureza e o prazo do crédito. As garantias podem ser o penhor (agrícola, pecuário ou mercantil); a alienação fiduciária; a hipoteca comum ou cedular; o aval ou fiança e outras que o Conselho Monetário Nacional (CMN) permitir.

Fontes:
Pronaf
Banco Central do Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil imunizou mais de 97% do rebanho bovino e bubalino
Entre os estados que alcançaram os maiores índices de vacinação contra a febre aftosa estão Mato Grosso, Minas, Goiás e Mato Grosso do Sul
Estudo mapeia agricultura irrigada no Brasil
Embrapa e ANA realizaram um mapeamento inédito do uso da água na agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil
Conab fiscaliza estoques públicos de cinco estados
Nesta segunda etapa da vistoria de 2015, devem ser verificados cerca de 1,68 milhão de toneladas de grãos, em 113 armazéns
Entre os estados que alcançaram os maiores índices de vacinação contra a febre aftosa estão Mato Grosso, Minas, Goiás e Mato Grosso do Sul
Brasil imunizou mais de 97% do rebanho bovino e bubalino
Embrapa e ANA realizaram um mapeamento inédito do uso da água na agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil
Estudo mapeia agricultura irrigada no Brasil
Nesta segunda etapa da vistoria de 2015, devem ser verificados cerca de 1,68 milhão de toneladas de grãos, em 113 armazéns
Conab fiscaliza estoques públicos de cinco estados

Últimas imagens

Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Agência Petrobras
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Divulgação/MPA

Governo digital