Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Acordo comercial zera tarifa de 22 produtos nacionais exportados para o Egito

Geral

Acordo comercial zera tarifa de 22 produtos nacionais exportados para o Egito

por Portal Brasil publicado: 04/08/2010 19h37 última modificação: 28/07/2014 09h26

O Acordo de Livre Comércio Mercosul-Egito, assinado nesta segunda-feira (2), em San Juan, na Argentina, irá garantir tarifa zero, no final do período de desgravação, para 22 dos 25 produtos brasileiros que compõem a pauta de exportação para o mercado egípcio. A desgravação tarifária é um mecanismo que diminui progressivamente as tarifas de um país, de acordo com medidas definidas em negociações comerciais internacionais.

O acordo representa um importante avanço nas relações comerciais com os países árabes, segundo o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Welber Barral. “O bloco dos países árabes constitui um dos maiores importadores de alimentos do mundo e o Egito é uma porta de entrada estratégica para estes mercados”, avaliou Barral.

Conforme o texto, diversos produtos alimentícios brasileiros terão a tarifa de importação reduzida imediatamente a zero, com destaque para carne bovina congelada, fresca ou refrigerada — principal produto da pauta de exportações do Brasil para o Egito no acumulado dos sete meses de 2010. Também será reduzida a tarifa do  leite em pó, da manteiga, do café cru em grão, da soja em grão e do arroz em grão.

Na lista dos produtos industrializados brasileiros, receberão benefício fiscal as máquinas de preparação ou manufatura de comidas e bebidas, máquinas para material de impressão, máquinas para preparação de fibras têxteis, telefones e aparelhos celulares.

Comércio bilateral

Até julho de 2010, as exportações brasileiras ao Egito somaram US$ 951 milhões. No ano passado, esse comércio movimentou US$ 864 milhões. A participação egípcia nas exportações totais do Brasil foi de 0,9%.

Em relação às importações, no comparativo do mesmo período, houve crescimento de 119,3% nas aquisições, passando de US$ 34 milhões para US$ 74 milhões. A participação do país no total das aquisições nacionais foi de 0,08% no acumulado do ano.

O Egito ocupou a 26ª posição entre os mercados de destino para as exportações brasileiras de janeiro a julho de 2010, e ficou na 67ª posição entre os países fornecedores de produtos ao Brasil.



Fonte:
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro

Últimas imagens

Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Divulgação/Governo de Sergipe
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Arquivo EBC
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda

Governo digital