Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Analistas de mercado mantêm em 7,2% a projeção do PIB para este ano

Geral

Analistas de mercado mantêm em 7,2% a projeção do PIB para este ano

por Portal Brasil publicado: 02/08/2010 20h53 última modificação: 28/07/2014 09h26

A projeção de analistas do mercado financeiro para o crescimento da economia foi mantida pela quarta semana seguida. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) — soma de todos os bens e serviços produzidos no País —, neste ano, é de 7,20%. Essa projeção foi elevada por 16 semanas seguidas até chegar a esse patamar.

As informações foram divulgadas no boletim Focus, publicação semanal do Banco Central (BC) elaborada com base em projeções de analistas para os principais indicadores da economia. Para 2011, os analistas mantêm, há 34 semanas, a expectativa de crescimento do PIB de 4,50%.

Além da estimativa para o PIB, o documento traz a expectativa para o crescimento da produção industrial, que caiu de 12,10% para 11,98%, este ano. Para 2011, a estimativa de expansão da produção industrial oscilou de 5% para 5,05%.

A projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB passou de 41% para 40,85%, em 2010, e permaneceu em 39,50%, em 2011. Segundo dados do BC divulgados na última semana, a dívida líquida do setor público chegou a R$ 1,385 trilhão em junho, resultado que representa 41,4% do PIB.

A expectativa para a cotação do dólar permaneceu em R$ 1,80, neste ano, e em R$ 1,85, em 2011. A previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) foi ajustada de US$ 15,41 bilhões para US$ 15,10 bilhões, neste ano, e passou de US$ 8 bilhões para US$ 8,50 bilhões, em 2011.

Para o déficit em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) em 2010, a estimativa foi mantida em US$ 48 bilhões. Para 2011, a projeção de déficit passou de US$ 57,93 bilhões para US$ 57,87 bilhões.

A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do País) passou de US$ 33,65 bilhões para US$ 32 bilhões, neste ano, e de US$ 40 bilhões para US$ 39,25 bilhões, em 2011.


Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto

Últimas imagens

Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Gustavo Raniere/Min. Fazenda
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arquivo EBC
A inflação vem dando trégua ao longo de 2017
A inflação vem dando trégua ao longo de 2017
Arquivo EBC

Governo digital