Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > CMN aprova linha de crédito para projetos de agricultura sustentável

Geral

CMN aprova linha de crédito para projetos de agricultura sustentável

por Portal Brasil publicado: 18/08/2010 17h16 última modificação: 28/07/2014 09h26
Divulgação/Prefeitura de São Gabriel Linha de crédito de R$ 1 bilhão será liberada para projetos que tenham como objetivo recuperar áreas e pastagens degradadas

Linha de crédito de R$ 1 bilhão será liberada para projetos que tenham como objetivo recuperar áreas e pastagens degradadas

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou o âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a criar uma linha de crédito para um projeto que pretende estimular as práticas de agricultura de baixo carbono. A iniciativa vai financiar práticas sustentáveis no campo e reduzir os desmatamentos, e paralelamente, reduzir a emissão de gases de efeito estufa na agricultura.


A resolução do CMN, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18), disponibiliza um limite de crédito de R$ 1 bilhão do BNDES por beneficiário, a cada ano-safra, e mais R$ 1 bilhão da poupança rural do Banco do Brasil, para aplicação até 30 de junho de 2011. Os juros são de 5,5% ao ano e o prazo de pagamento varia de oito a 12 anos, com carência de um a seis anos, dependendo do objetivo.


O dinheiro pode ser usado para financiar atividades de recuperação de áreas e pastagens degradadas, implantação e manutenção de florestas comerciais ou destinadas à recomposição de reserva legal, implantação de sistemas de integração entre lavoura, pecuária e floresta.


Com o projeto, a meta é de ampliar, nos próximos dez anos, a atual área de pastagens recuperadas de 40 milhões de hectares para 55 milhões de hectares.

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Proposta de reforma da Previdência é apresentada na Câmara dos Deputados
A leitura do relatório da comissão, que analisa a reforma da previdência, começou na manhã desta quarta-feira (19) na Câmara dos Deputados
A leitura do relatório da comissão, que analisa a reforma da previdência, começou na manhã desta quarta-feira (19) na Câmara dos Deputados
Proposta de reforma da Previdência é apresentada na Câmara dos Deputados

Últimas imagens

PIB deve avançar 0,2% neste ano, segundo previsão do FMI
PIB deve avançar 0,2% neste ano, segundo previsão do FMI
Arquivo/Agência Brasil
Receita Federal pagará a restituição do IRPF em sete lotes, entre junho e dezembro deste ano
Receita Federal pagará a restituição do IRPF em sete lotes, entre junho e dezembro deste ano
Arquivo/Agência Brasil
Para ministro, reforma da Previdência é "inadiável" e vai conter crescimento explosivo das despesas
Para ministro, reforma da Previdência é "inadiável" e vai conter crescimento explosivo das despesas
Fernando Aguiar/Casa Civil
Preço foi autorizado pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos
Preço foi autorizado pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos
Foto: Marcos Santos/USP

Governo digital