Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Febraban eleva estimativa de crescimento do PIB em 2010 para 7,2%

Geral

Febraban eleva estimativa de crescimento do PIB em 2010 para 7,2%

por Portal Brasil publicado: 04/08/2010 20h28 última modificação: 28/07/2014 09h26

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou nesta quarta-feira (4) os resultados da Pesquisa Febraban de Projeções Macroeconômicas. Segundo o documento, a estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2010 foi elevada para 7,2% no mês de julho. Em junho, a previsão de crescimento do PIB era de 7,1%, e em maio, 6,3%. De acordo com a Febraban, a previsão para 2011 é de que a elevação do PIB seja de 4,5%.

Em relação a taxa de inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a previsão dos bancos é de um aumento de 5,3% em 2010, menor que a do levantamento de junho, que foi de 5,5%. Para 2011, a estimativa para o IPCA é de alta de 4,7%.

Já para a taxa básica de juros (Selic), em 2010, a previsão das instituições financeiras é de de 11,75%. O valor é 11% menor do que o registrado em junho. Para 2011, a Febraban prevê que a Selic atinja 11,25%.

A pesquisa da Febraban ouviu 32 bancos entre os dias 29 de julho e 2 de agosto.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana

Últimas imagens

Segundo Nogueira, reforma deve pacificar  relações trabalhistas
Segundo Nogueira, reforma deve pacificar relações trabalhistas
Arquivo/Agência Brasil
Ministério da Agricultura intensificou a fiscalização, mas não encontrou riscos à saúde dos consumidores
Ministério da Agricultura intensificou a fiscalização, mas não encontrou riscos à saúde dos consumidores
José Cruz/Agência Brasil
Indicador atinge maior nível em dois anos e registra queda no custo do setor
Indicador atinge maior nível em dois anos e registra queda no custo do setor
Tomaz Silva/Agência Brasil/
IRPF 2017 ..jpeg
Governo da BA

Governo digital