Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Febraban eleva estimativa de crescimento do PIB em 2010 para 7,2%

Geral

Febraban eleva estimativa de crescimento do PIB em 2010 para 7,2%

por Portal Brasil publicado: 04/08/2010 20h28 última modificação: 28/07/2014 09h26

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou nesta quarta-feira (4) os resultados da Pesquisa Febraban de Projeções Macroeconômicas. Segundo o documento, a estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2010 foi elevada para 7,2% no mês de julho. Em junho, a previsão de crescimento do PIB era de 7,1%, e em maio, 6,3%. De acordo com a Febraban, a previsão para 2011 é de que a elevação do PIB seja de 4,5%.

Em relação a taxa de inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a previsão dos bancos é de um aumento de 5,3% em 2010, menor que a do levantamento de junho, que foi de 5,5%. Para 2011, a estimativa para o IPCA é de alta de 4,7%.

Já para a taxa básica de juros (Selic), em 2010, a previsão das instituições financeiras é de de 11,75%. O valor é 11% menor do que o registrado em junho. Para 2011, a Febraban prevê que a Selic atinja 11,25%.

A pesquisa da Febraban ouviu 32 bancos entre os dias 29 de julho e 2 de agosto.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Últimas imagens

Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Valter Campanato/Agência Brasil
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Gleice Mere/MP
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Arquivo EBC

Governo digital