Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Indústria eletroeletrônica deve faturar R$ 125 bi em 2010, prevê Abinee

Geral

Indústria eletroeletrônica deve faturar R$ 125 bi em 2010, prevê Abinee

por Portal Brasil publicado: 05/08/2010 15h28 última modificação: 28/07/2014 09h26
Foto: Divulgação/ Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) A Abinee estima que o setor fature R$ 125,6 bilhões em 2010

A Abinee estima que o setor fature R$ 125,6 bilhões em 2010

O faturamento da indústria de eletroeletrônicos deverá crescer 12% em 2010, na comparação com 2009. A projeção da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) é de que o setor fature R$ 125,643 bilhões neste ano. Em 2009, o faturamento foi de R$ 111,839 bilhões. A previsão consta do documento A Indústria Elétrica e Eletrônica em 2020 – Detalhamento e Atualização de Propostas, divulgado nesta quinta-feira (5) pela Abinee.

As áreas que registraram maior crescimento foram as de informática, equipamentos industriais e utilidades domésticas, que tiveram uma variação positiva de 15%.

De acordo com a Abinee, o faturamento da área de informática foi de R$ 35,27 bilhões em 2009 e deverá chegar a R$ 40,4 bilhões em 2010. Já os equipamentos industriais, que tiveram faturamento de R$ 15 bilhões no ano passado, devem ampliar esses valores para R$ 17,18 bilhões. E a de utilidades domésticas devem faturar R$ 15,381 bilhões em 2010, ante aos R$ 13,427 registrados em 2009.

O estudo A Indústria Elétrica e Eletrônica em 2020 – Detalhamento e Atualização de Propostas é resultado dos debates entre empresas associadas à Abinee e autoridades governamentais. O documento apresenta reflexões sobre os desafios do setor para os próximos 10 anos, bem como a formulação de propostas que possam promover o fortalecimento do setor elétrico e eletrônico do País.

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana

Últimas imagens

Expectativa do governo é de que mais recursos entrem no caixa nos próximos meses, o que reduz a necessidade de ajuste
Expectativa do governo é de que mais recursos entrem no caixa nos próximos meses, o que reduz a necessidade de ajuste
Gustavo Raniere/MF
Exportações do setor em fevereiro somaram US$ 607,2 milhões, aumento de 36,2% em relação a janeiro
Exportações do setor em fevereiro somaram US$ 607,2 milhões, aumento de 36,2% em relação a janeiro
Prefeitura de São José dos Pinhais (PR)
Antes sem prazo, registros de rótulos passam a ter validade de 10 anos
Antes sem prazo, registros de rótulos passam a ter validade de 10 anos
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital