Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > INSS e Funai terão parceria para cadastrar segurados indígenas

Geral

INSS e Funai terão parceria para cadastrar segurados indígenas

por Portal Brasil publicado: 12/08/2010 20h17 última modificação: 28/07/2014 09h26

A Fundação Nacional do Índio (Funai) será parceira de um novo sistema de cadastramento do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) para administração de informações do Segurado Especial Indígena. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (11).


Será considerado como Segurado Especial o índio reconhecido pela Funai independentemente do local onde resida, desde que exerça atividade rural em regime de economia familiar e faça dessas atividades o principal meio de vida e sustento.


O trabalhador caracterizado como rural pode ser proprietário, meeiro, arrendatário ou ter outro tipo de ligação com a produção rural. A atividade de seringueiro ou extrativista vegetal também é considerada como produção rural, desde que feita de modo sustentável e com recursos naturais renováveis.


Com um acordo de cooperação técnica assinado em 2009, a Funai passou a ter a responsabilidade de cadastrar os índios no próprio sistema do INSS, na categoria Segurado Especial. Os dados para cadastramento serão obtidos por meio de inscrição e certificação dos períodos de exercício de atividade do indígena, além de declaração anual confirmando a manutenção desta condição, que será realizada por servidores públicos da Funai, mediante sistema informatizado disponibilizado no site da Previdência Social.


O Segurado Especial tem direito a benefícios como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, aposentadoria por idade, salário maternidade e auxílio-acidente.



Fonte:
Funai

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Últimas imagens

Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Valter Campanato/Agência Brasil
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Gleice Mere/MP
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Arquivo EBC

Governo digital