Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Ministério da Fazenda diz que despesas da União com pessoal tiveram queda

Geral

Ministério da Fazenda diz que despesas da União com pessoal tiveram queda

por Portal Brasil publicado: 10/08/2010 21h08 última modificação: 28/07/2014 09h26

Dados divulgados pelo Ministério da Fazenda nesta terça-feira (10) indicam que as despesas com pessoal ativo e inativo União tiveram leve queda percentual. Em 2010, essas despesas consumiram 4,7% do Produto Interno Bruto (PIB).


Segundo informações publicadas no documento “Economia Brasileira em Perspectiva”, do Ministério da Fazenda, a combinação de mais crescimento da economia com a formalização do mercado de trabalho e disciplina fiscal da União, com a Lei de Responsabilidade Fiscal, garantiram a melhoria nas finanças públicas.


Em 2010, as receitas totais da União registraram 23,8% do PIB. As despesas totais equivaleram a 18,5%, com benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de 7,2%.


Nos cálculos dos técnicos da Fazenda que elaboraram o documento, as despesas com pessoal vêm sendo mantidas à média de 4,52% ao ano desde 1995 e mesmo com o número de servidores e o reajuste de salários no setor, as despesas com pessoal se mantêm abaixo de 5% do PIB, podendo chegar a 4,66% em 2010, e 4,67% em 2011.



Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

CNH terá código digital para evitar fraudes
Documentos emitidos a partir de 1º de maio já possuem este elemento de autenticação
Documentos emitidos a partir de 1º de maio já possuem este elemento de autenticação
CNH terá código digital para evitar fraudes

Últimas imagens

 Não há casos de contágio da doença em humanos, nem risco à saúde pública
Não há casos de contágio da doença em humanos, nem risco à saúde pública
Sílvio Ávila/Ministério da Agricultura
Ao comentar a decisão da agência de risco, Ministério da Fazenda avaliou como fundamental a aprovação da reforma da Previdência
Ao comentar a decisão da agência de risco, Ministério da Fazenda avaliou como fundamental a aprovação da reforma da Previdência
Rovena Rosa/Agência Brasil
Em meses de mais chuvas, a bandeira tarifária fica verde, sem custo extra nas tarifas de energia
Em meses de mais chuvas, a bandeira tarifária fica verde, sem custo extra nas tarifas de energia
Arquivo EBC
Com investimento de R$ 36 milhões, mais de duas mil pessoas devem ser beneficiadas com os residenciais
Com investimento de R$ 36 milhões, mais de duas mil pessoas devem ser beneficiadas com os residenciais
Arquivo/Agência Brasil
Na visão de Meirelles, a população já tomou consciência da aprovação das reformas em tramitação no Congresso
Na visão de Meirelles, a população já tomou consciência da aprovação das reformas em tramitação no Congresso
Antonio Cruz/Agência Brasil

Governo digital