Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Produtores de dendê se reúnem em conferência no Pará

Geral

Produtores de dendê se reúnem em conferência no Pará

por Portal Brasil publicado: 20/08/2010 16h54 última modificação: 28/07/2014 09h26
Divulgação/Assembleia Legislativa de Rondônia Conhecido como dendê, o óleo de palma é um dos mais consumidos do mundo

Conhecido como dendê, o óleo de palma é um dos mais consumidos do mundo

Nos dias 25 e 26 de agosto, a cidade de Belém (PA) sedia a 2ª Conferência Latino-Americana da Roundtable on Sustainable Palm Oil (Mesa-Redonda do Óleo de Palma Sustentável). O óleo de palma, conhecido no Brasil como dendê, é o mais produzido e consumido no mundo pelas indústrias alimentícias, cosméticas e produtoras de biocombustíveis. O evento conta com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.



O objetivo do encontro é discutir a expansão sustentável da cultura, e para tanto, serão mostradas experiências internacionais com plantio, produção e comercialização do óleo de palma. O Brasil vai apresentar sua experiência com a produção sustentável da cultura, que orienta o cultivo na região Amazônica, fomenta o uso de novas tecnologias e concede linhas de crédito rural para incentivo. A programação do encontro inclui visitas técnicas às plantações no interior do Pará.



Fundada em 2004, a Roundtable on Sustainable Palm Oil (RSPO, sigla em inglês) promove a sustentabilidade da produção do óleo de palma por meio de regulamentação. A entidade reúne 336 sócios ordinários de 37 países. Mais de 40 associados mantêm negócios diretos ou indiretos com o Brasil. A instituição já certificou 315.628 hectares de plantações, com produção anual de 1,58 milhão de toneladas de óleo.

Fonte:
Ministério da Agricultura

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Governo digital