Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 08 > Trabalhador sem diploma formal poderá ter certificado federal

Geral

Trabalhador sem diploma formal poderá ter certificado federal

por Portal Brasil publicado: 16/08/2010 20h09 última modificação: 28/07/2014 09h26

Trabalhadores que têm dificuldades em comprovar experiência em diversas áreas profissionais, como pedreiros e músicos, vão poder receber certificados federais atestando os conhecimentos adquiridos. A iniciativa é uma parceria dos ministérios da Educação e o do Trabalho e Emprego. As inscrições, que começaram nesta segunda-feira (16), são gratuitas e vão até 10 de setembro em todo o País, por meio da Rede Certific. Não há limite de vagas.
 

Nos postos em funcionamento, as inscrições estão sendo feitas em três turnos: manhã, das 9h às 12h; à tarde, das 14h às 17h; e à noite, das 18h às 21h.
 

A Rede Certific atua na certificação de saberes adquiridos ao longo da vida dos trabalhadores em diversas áreas. A rede é administrada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFB).
 

Exercendo a atividade de pedreiro há mais 15 anos, o mineiro Paulo Roberto Barbosa da Silva, 41 anos, por exemplo, já se inscreveu no IFB de Samambaia, cidade satélite a cerca de 30 quilômetros de Brasília.  Ele já trabalhou em obras em Minas Gerais e São Paulo, antes de chegar ao Distrito Federal, onde está há três meses.
 

Agora, com a certificação profissional, Paulo Roberto acredita que vai conseguir empregos com mais facilidade. "É muito bom ter um documento para poder provar o conhecimento profissional nas empresas", afirma.  Para a diretora de comunicação do IFB, Sandra Branchine, Pedro tem razão. "Profissões que exigem grande rotatividade e mobilidade como as da Construção Civil, por exemplo, têm acentuada variação na demanda por trabalhadores em diferentes regiões do País".
 

"E o certificado federal traz mais facilidade e segurança – tanto para a pessoa que está procurando emprego quanto para o empregador", acrescenta a diretora de comunicação.

 
Como funciona a Rede Certific

 

A Rede Certific atua na certificação de saberes adquiridos ao longo da vida dos trabalhadores em áreas como Apoio para Eventos, a Construção Civil, o Turismo, a Eletroeletrônica, a Pesca e outras. O atual projeto se inicia com 37 escolas e deve chegar a 354 até setembro, nos 26 estados brasileiros e capital federal.


O processo acontece em cinco etapas: 1) inscrição; 2) reunião com professores e preenchimento de formulário socioprofissional; 3) diálogo com especialistas do IFB e colegas de profissão (máximo 20 por grupo); 4) curso rápido de preparação para avaliação; 5) avaliação.
 

Se ficar comprovado a competência profissional do trabalhador, ele receberá o certificado. Caso seja constatada a necessidade de aperfeiçoamento, será enviado para cursos de especialização em sua área.
 

Para mais informações acesse o site do programa.



Fonte:
Portal Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Contratações com jornadas imprevisíveis são formalizadas
A modernização trabalhista trouxe benefícios para diferentes tipos de contratação como o trabalho intermitente, comum no mercado de eventos
A modernização trabalhista trouxe benefícios para diferentes tipos de contratação como o trabalho intermitente, comum no mercado de eventos
Contratações com jornadas imprevisíveis são formalizadas

Últimas imagens

Condições econômicas estão melhores, de acordo com especialistas
Condições econômicas estão melhores, de acordo com especialistas
Marcos Santos/USP Imagens
Balança comercial vem registrando recordes consecutivos neste ano
Balança comercial vem registrando recordes consecutivos neste ano
Arquivo EBC
Para secretário, reforma da Previdência não pode ser adiada
Para secretário, reforma da Previdência não pode ser adiada
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo digital