Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 09 > Exportações pela rede postal atingem US$ 21 milhões em agosto

Geral

Exportações pela rede postal atingem US$ 21 milhões em agosto

publicado: 08/09/2010 19h08 última modificação: 28/07/2014 09h28
Divulgação/Ministério das Cidades As vendas externas no oitavo mês do ano cresceram 43% em relação a agosto de 2009

As vendas externas no oitavo mês do ano cresceram 43% em relação a agosto de 2009

Em agosto, as vendas externas alcançaram a marca de US$ 21 milhões pelo sistema simplificado de envio de remessas ao exterior. Isso significa um aumento de 43% em relação ao mesmo período de 2009. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (8) pelo Ministério das Cidades, incluem as exportações feitas por meio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e de operadores privados.


No acumulado de 2010, as exportações pela rede postal já chegaram a US$ 172 milhões, o que representa 94% do volume remetido ao exterior em todo o ano passado. Foram 812 tipos diferentes de mercadorias, enviadas principalmente para os Estados Unidos (destino de 24,09% dos produtos), Argentina (7,77%) e México (5,20%).


Apesar do bom desempenho no oitavo mês do ano, as vendas via postal em agosto registraram redução quando comparadas a julho do mesmo ano. A queda foi de 7,9% no total exportado. Mas, de acordo com a área técnica da Subsecretaria de Serviços Postais do Ministério das Comunicações, a redução é sazonal, normal para esta época do ano.


Exporta Fácil

As exportações simplificadas beneficiam principalmente micro e pequenos empresários. Nos Correios, o instrumento mais importante para a remessa de mercadorias para fora do País é o Exporta Fácil. O programa eliminou a necessidade de contratação de despachantes e empresas de transporte para remeter as mercadorias para fora do Brasil. O empresário tem apenas que levar até uma agência dos Correios as notas fiscais (nacional e internacional) e o formulário de exportação preenchido para que os produtos sejam enviados para o mercado externo.
 

Com a redução da burocracia, também houve diminuição dos custos de embarque. De acordo com analistas da ECT, em relação ao regime comum de exportações, o Exporta Fácil reduz em 82% os custos para os empresários.

Fonte:
Ministério das Cidades

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços

Últimas imagens

A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
Arquivo EBC
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
José Cruz/Agência Brasil
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Beto Nociti/BCB
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Arquivo/Agência Brasil
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Foto: Edu Andrade/Ministério do Trabalho

Governo digital