Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2010 > 12 > Em 2008, seis capitais concentravam 25% do PIB do País

Economia e Emprego

Em 2008, seis capitais concentravam 25% do PIB do País

por Portal Brasil publicado : 10/12/2010 12:34

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte e Manaus tinham os seis maiores PIB entre os municípios e, juntos, eram responsáveis pela geração de um quarto das riquezas produzidas no País. Ao mesmo tempo, o conjunto das 27 capitais gerava um terço dessas riquezas segundo a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A concentração da atividade econômica era mais acentuada na maioria dos estados do Norte e Nordeste, onde metade do PIB de cada estado vinha dos seus cinco maiores municípios. São Francisco do Conde (BA) tinha o maior PIB per capita do País (R$288.370,81) e no outro extremo estava Jacareacanga (PA) (R$ 1.721,23).

São Paulo continuava liderando em relação ao valor adicionado bruto na indústria e também nos serviços, enquanto a cidade de Sorriso (MT) era a líder na agropecuária. Por outro lado, 32,9% dos municípios brasileiros continuavam muito dependentes da administração pública, que era responsável por mais de um terço de suas economias.

O projeto do Produto Interno Bruto dos Municípios é desenvolvido desde 2000, em parceria com os órgãos estaduais de Estatística, secretarias estaduais de Governo e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Em 2008, os seis municípios com as maiores participações no PIB do País, todos capitais, representavam aproximadamente 25% do PIB brasileiro: São Paulo (SP), 11,8%, Rio de Janeiro (RJ), 5,1%, Brasília (DF), 3,9%, Curitiba (PR), 1,4%, Belo Horizonte (MG),1,4% e Manaus (AM), 1,3%. No outro extremo, os 1313 municípios com os menores PIB (onde residiam 3,4% da população) respondiam por apenas 1% do PIB do País. A concentração permanecia semelhante à dos anos anteriores.

Os cinco municípios de menor PIB em 2008 foram: Areia de Baraúna (PB), São Luis do Piauí (PI), São Félix do Tocantins (TO), Santo Antônio dos Milagres (PI) e São Miguel da Baixa Grande (PI), em ordem decrescente. A agregação do PIB destes municípios representava, aproximadamente, 0,001% do total do País.

 

Fonte:
IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil