Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 01 > Banco do Nordeste disponibiliza R$ 100 milhões para empreendedores individuais

Economia e Emprego

Banco do Nordeste disponibiliza R$ 100 milhões para empreendedores individuais

por Portal Brasil publicado: 12/01/2011 18h33 última modificação: 28/07/2014 14h10

O Banco do Nordeste (BNB) lançou uma linha de crédito específica para empreendedores individuais. O novo produto vai disponibilizar, em 2011, R$ 100 milhões para atendimento a esse público. Inicialmente, terão preferência os empreendedores que já participam do programa de microcrédito orientado da instituição, o Crediamigo. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

A nova linha de crédito visa financiar investimentos, a exemplo de aquisição de móveis, utensílios, veículos, máquinas e equipamentos, e construção ou reforma de instalações físicas, destinadas à atividade de empreendedores individuais. 

Os financiamentos podem atingir 100% do investimento projetado, desde que não ultrapassem o valor máximo de R$ 15 mil por operação. Há limites de financiamento diferenciados por porte de clientes. Os empreendedores interessados devem ter faturamento anual máximo de R$ 36 mil e comprovar experiência de pelo menos seis meses na atividade desenvolvida. 

Segundo o gerente em exercício do Ambiente de Micro e Pequena Empresa do BNB, Jorge Mendonça. o modelo adotado pelo Banco do Nordeste para a concessão de crédito ao empreendedor individual com FNE foi inspirado nas diretrizes normativas e operacionais do Crediamigo, "por ser um modelo já testado, aprovado e bastante identificado com o público-alvo da proposta, observando-se, todavia, as diretrizes e regras estabelecidas pelo Fundo Constitucional”.


Fonte:
Banco do Nordeste

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

A revolução agrícola brasileira
De acordo com representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, País passou de grande importador a segundo maior exportador de commodities alimentares.
Um projeto para o futuro
Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, afirma que País tem grandes possibilidades de se tornar maior exportador mundial de alimentos.
Exemplos e desafios
Representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic elogia medidas acertadas para agricultura e aborda desafios do País para o futuro.
De acordo com representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, País passou de grande importador a segundo maior exportador de commodities alimentares.
A revolução agrícola brasileira
Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, afirma que País tem grandes possibilidades de se tornar maior exportador mundial de alimentos.
Um projeto para o futuro
Representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic elogia medidas acertadas para agricultura e aborda desafios do País para o futuro.
Exemplos e desafios

Últimas imagens

Ministério da Agricultura já repassou R$ 989,3 milhões para 12 bancos para linhas de capital de giro de cooperativas de produção e de indústria de torrefação e moagem
Ministério da Agricultura já repassou R$ 989,3 milhões para 12 bancos para linhas de capital de giro de cooperativas de produção e de indústria de torrefação e moagem
Divulgação/EBC
Os dados constam do boletim Focus do BC
Os dados constam do boletim Focus do BC
Divulgação/Governo do Espírito Santo
Petrobras figura na segunda posição do ranking de empresas mais desejadas entre os jovens
Petrobras figura na segunda posição do ranking de empresas mais desejadas entre os jovens
Agência Petrobras
Ferramenta vai gerir e disponibilizar informações sobre os diferentes setores do agronegócio brasileiro
Ferramenta vai gerir e disponibilizar informações sobre os diferentes setores do agronegócio brasileiro
Divulgação/Governo de TO

Governo digital