Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 01 > Banco do Nordeste disponibiliza R$ 100 milhões para empreendedores individuais

Economia e Emprego

Banco do Nordeste disponibiliza R$ 100 milhões para empreendedores individuais

por Portal Brasil publicado: 12/01/2011 18h33 última modificação: 28/07/2014 14h10

O Banco do Nordeste (BNB) lançou uma linha de crédito específica para empreendedores individuais. O novo produto vai disponibilizar, em 2011, R$ 100 milhões para atendimento a esse público. Inicialmente, terão preferência os empreendedores que já participam do programa de microcrédito orientado da instituição, o Crediamigo. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

A nova linha de crédito visa financiar investimentos, a exemplo de aquisição de móveis, utensílios, veículos, máquinas e equipamentos, e construção ou reforma de instalações físicas, destinadas à atividade de empreendedores individuais. 

Os financiamentos podem atingir 100% do investimento projetado, desde que não ultrapassem o valor máximo de R$ 15 mil por operação. Há limites de financiamento diferenciados por porte de clientes. Os empreendedores interessados devem ter faturamento anual máximo de R$ 36 mil e comprovar experiência de pelo menos seis meses na atividade desenvolvida. 

Segundo o gerente em exercício do Ambiente de Micro e Pequena Empresa do BNB, Jorge Mendonça. o modelo adotado pelo Banco do Nordeste para a concessão de crédito ao empreendedor individual com FNE foi inspirado nas diretrizes normativas e operacionais do Crediamigo, "por ser um modelo já testado, aprovado e bastante identificado com o público-alvo da proposta, observando-se, todavia, as diretrizes e regras estabelecidas pelo Fundo Constitucional”.


Fonte:
Banco do Nordeste

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Últimas imagens

Todos os serviços da plataforma para as empresas são gratuitos
Todos os serviços da plataforma para as empresas são gratuitos
Divulgação/Governo do PR
No Dia D, o atendimento nas agências do Sine será prioritariamente dedicado às pessoas com deficiência
No Dia D, o atendimento nas agências do Sine será prioritariamente dedicado às pessoas com deficiência
Divulgação/Governo do RJ
Benefício é pago para quem recebeu até dois salários mínimos mensais ano passado com carteira assinada
Benefício é pago para quem recebeu até dois salários mínimos mensais ano passado com carteira assinada
Valdecir Galor/SMCS
Lotes em que houve interessados são dos estados do Mato Grosso, Paraná e São Paulo
Lotes em que houve interessados são dos estados do Mato Grosso, Paraná e São Paulo
Divulgação/Governo de MG
 Brasileiros que cumprirem os requisitos poderão solicitar os benefícios previdenciários, previstos no contrato entre os dois países
Brasileiros que cumprirem os requisitos poderão solicitar os benefícios previdenciários, previstos no contrato entre os dois países
Divulgação/Previdência Social

Governo digital