Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 03 > Receita libera consulta a 3º lote de restituições do Imposto de Renda de 2008, 2009 e 2010

Economia e Emprego

Receita libera consulta a 3º lote de restituições do Imposto de Renda de 2008, 2009 e 2010

por Portal Brasil publicado: 09/03/2011 18h22 última modificação: 28/07/2014 14h14

A Receita Federal do Brasil liberou nesta quarta-feira (9), às 14 horas, consulta ao 3º lote residual multiexercício do Imposto de Renda da Pessoa Física — exercícios 2010, 2009 e 2008.

No dia 15 de março de 2011 serão creditadas, simultaneamente, as restituições referentes aos lotes residuais dos exercícios de 2010 (ano calendário de 2009) de 2009 (ano calendário de 2008) e 2008 (ano calendário de 2007), mediante depósito bancário, para um total de 40.017 contribuintes, totalizando R$ 100 milhões.

Para o exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 24.295 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 65.119.082,63 já acrescidos da taxa Selic de 9,39 % (maio de 2010 a março de 2011). 

Desse montante, 4.943 contribuintes referem-se aos contribuintes de que trata a Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), totalizando R$ 22.934.005,48.

No lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 10.134 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 21.873.695,50, já atualizados pela taxa Selic de 17,85 %, (período de maio de 2009 a março de 2011).

Já para o lote residual de 2008, serão creditadas restituições para um total de 5.588 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 13.007.221,87 já atualizados pela taxa Selic de 29,92 %, (período de maio de 2008 a março de 2011).

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento através do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.


Fonte:
Receita Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ministério do Trabalho organiza ações de incentivo a contratação de pessoas com deficiência
O Ministério do Trabalho organizou ações para incentivar a contratação de pessoas com deficiência como parte do Dia D da Inclusão Social e Profissional de Pessoas com Deficiência e Reabilitados pelo INSS no mercado de trabalho.
Pesquisa avalia evolução da agricultura no Brasil nos últimos 40 anos
A pesquisadora da Embrapa Marisa Prado explica a evolução do setor no contexto mundial
Meirelles cita ações para recuperação econômica
Em seminário da Fiesp, em São Paulo, Henrique Meirelles destacou a limitação dos gastos públicos, entre outras ações do governo para recuperação da economia
O Ministério do Trabalho organizou ações para incentivar a contratação de pessoas com deficiência como parte do Dia D da Inclusão Social e Profissional de Pessoas com Deficiência e Reabilitados pelo INSS no mercado de trabalho.
Ministério do Trabalho organiza ações de incentivo a contratação de pessoas com deficiência
A pesquisadora da Embrapa Marisa Prado explica a evolução do setor no contexto mundial
Pesquisa avalia evolução da agricultura no Brasil nos últimos 40 anos
Em seminário da Fiesp, em São Paulo, Henrique Meirelles destacou a limitação dos gastos públicos, entre outras ações do governo para recuperação da economia
Meirelles cita ações para recuperação econômica

Últimas imagens

Porto de Paranaguá (PR). No mercado financeiro, a expectativa é de que a balança comercial fique positiva em US$ 50 bilhões no ano
Porto de Paranaguá (PR). No mercado financeiro, a expectativa é de que a balança comercial fique positiva em US$ 50 bilhões no ano
APPA
Ministro Bruno Araújo durante entrega de residências do Programa MCMV em Jundiaí (SP), em agosto
Ministro Bruno Araújo durante entrega de residências do Programa MCMV em Jundiaí (SP), em agosto
Bruno Peres/Min. Cidades
O motivo da redução foi o resgate líquido de R$ 33,48 bilhões
O motivo da redução foi o resgate líquido de R$ 33,48 bilhões
Marcos Santos/USP Imagens
Confiança do consumidor pode ter contribuído para a retomada dos gastos com viagens internacionais
Confiança do consumidor pode ter contribuído para a retomada dos gastos com viagens internacionais
Divulgação/Agência Brasil
Diretoria do Banco Central tem trabalhado para mercado melhorar as expectativas de inflação
Diretoria do Banco Central tem trabalhado para mercado melhorar as expectativas de inflação
Beto Nociti/BCB

Governo digital